Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2013 > 01 > Grupo de trabalho irá mobilizar farmácias para exigência de receita no ato da compra

Saúde

Grupo de trabalho irá mobilizar farmácias para exigência de receita no ato da compra

por Portal Brasil publicado: 17/01/2013 11h43 última modificação: 29/07/2014 09h19
Divulgação / Pref. Manaus Para a Anvisa a venda de medicamentos de tarja vermelha sem apresentação da receita é um problema grave de saúde pública

Para a Anvisa a venda de medicamentos de tarja vermelha sem apresentação da receita é um problema grave de saúde pública

Instituições publicas e privadas podem participar do grupo de trabalho que visa estimular a venda de medicamentos de forma racional e com receita médica

Para incentivar o uso racional de medicamentos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou, nessa terça-feira (15), um edital de chamamento para que instituições públicas e privadas possam integrar  um grupo de trabalho, que irá mobilizar representantes de laboratórios e drogarias para ampliar a exigência da receita no ato da compra.

De acordo com a Anvisa, a venda de medicamentos sujeitos à prescrição médica sem apresentação da receita é um problema grave de saúde pública. A cultura da automedicação e a falta de controle sobre a dispensação desses produtos em farmácias e drogarias são fatores que comprometem toda a cadeia de vigilância sobre a produção e utilização de medicamentos no País.

Os medicamentos de tarja vermelha correspondem a 65% do mercado de medicamentos e, para a maioria deles, a legislação sanitária exige apenas a apresentação da receita médica no ato da compra. As farmácias não são obrigadas a reter as receitas e, na prática, não costumam exigir a apresentação delas.

Participantes do grupo

Poderão participar do grupo instituições públicas e privadas, de caráter nacional, relacionadas à pesquisa, produção, distribuição, venda, dispensação e prescrição de medicamentos e, também, segmentos relacionados à vigilância sanitária, defesa do consumidor e controle social do Sistema Único de Saúde. Além destes, órgãos públicos responsáveis por políticas públicas relacionadas à saúde também poderão participar.

A criação do grupo foi definida em audiência pública realizada em setembro de 2012 que discutiu a necessidade de apresentação de receita médica para compra de medicamentos de tarja vermelha. A proposta da Anvisa é implementar medidas de fiscalização e educação para alertar sobre os riscos da automedicação e estimular o consumo racional de medicamentos no País.

As inscrições vão até o dia 15 de fevereiro e devem ser feitas por formulário específico.

Tarja vermelha

Em maio de 2012 a exigência da receita médica para compra de medicamentos com tarja vermelha foi o assunto discutido, em audiência pública, na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados.

A Anvisa já exige prescrição médica para a compra de medicamentos de tarja vermelha, como anti-inflamatórios e pílulas anticoncepcionais. Mas, na prática, a medida não é aplicada pela maior parte das farmácias. A agência estuda implementar mecanismos mais rigorosos para impedir a venda desses medicamentos sem receita.

 


Fonte:

Agência Brasil
Agência Nacional de Vigilância Sanitária  - Anvisa
Câmara dos Deputados

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Foto: Rodrigo Nunes/MS
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)

Governo digital