Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2013 > 01 > Brasília lança programa de saúde para trabalhadores e turistas em eventos esportivos

Saúde

Brasília lança programa de saúde para trabalhadores e turistas em eventos esportivos

por Portal Brasil publicado: 28/01/2013 12h06 última modificação: 29/07/2014 09h19
Blog da Saúde do DF Serão realizadas quatro ações: certificar os estabelecimentos comerciais que aderirem ao programa; distribuição de cartilhas com orientações de saúde; vacinação e ações de saúde nos lugares de maior circulação de pessoas

Serão realizadas quatro ações: certificar os estabelecimentos comerciais que aderirem ao programa; distribuição de cartilhas com orientações de saúde; vacinação e ações de saúde nos lugares de maior circulação de pessoas

O Saúde Para Todos Copa é composto por ações que pretendem garantir medidas de prevenção, controle e promoção da saúde 

 

Foi lançado na última sexta-feira (25), pela Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, o Programa Saúde Para Todos Copa. A ação tem como objetivo garantir saúde para as pessoas que irão trabalhar durante as copas das Confederações e do Mundo, e para os turistas que visitarão a capital durante os dois eventos esportivos.

O programa é composto por ações que pretendem garantir medidas de prevenção, controle e promoção da saúde a todos. A subsecretária de Vigilância e Saúde da SES, Marília Coelho Cunha, diz que a meta do programa é proteger a população na realização destes grandes eventos. "Estamos implementando e reforçando ações de prevenção e promoção da saúde para manter a população protegida contra doenças", explica a subsecretária.


Serão realizadas quatro ações. A primeira consiste na certificação dos estabelecimentos comerciais que aderirem ao programa. Farmácias, drogarias, bares, restaurantes e hotéis da cidade passarão por fiscalizações higiênico-sanitárias para garantir a qualidade dos serviços prestados. Todos estes estabelecimentos receberão um selo de certificação.


A segunda é a distribuição de cartilhas com orientações de saúde, farmacêuticas e localização de serviços e de ambulância. O material terá símbolos internacionais para facilitar a comunicação. A vacinação é a terceira ação do programa e pretende proteger 95% dos trabalhadores que terão contato direto com os turistas. Funcionários do aeroporto, da rodoviária, de hotéis, feiras, bares, restaurantes e taxistas receberão a dose contra o sarampo, rubéola e caxumba. A ação teve início no último domingo (27) no Aeroporto Internacional de Brasília – Presidente Juscelino Kubitschek.

A quarta é intensificar as ações de saúde nos lugares de maior circulação de pessoas como shoppings, cinemas e teatros. O objetivo é sensibilizar a população quanto ao uso abusivo do álcool e quanto às doenças sexualmente transmissíveis (DST).

O subsecretário de gestão participativa da Secretaria de Estado de Saúde do DF, José Bonifácio Carreira, informou ainda que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que atenderá dentro do estádio, irá agilizar a locomoção para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e Hospital de Base, além de garantir o treinamento de segurança aos funcionários do estádio para ensinar como prestar os primeiro socorros a vítimas de acidentes.


Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná
Vacinação de rotina para febre amarela é ofertada em 19 estados, e de forma escalonada no RJ e ES
Vacinação de rotina para febre amarela é ofertada em 19 estados, e de forma escalonada no RJ e ES
Naftali Emídio/Pref. do Cabo de Santo Agostinho
Profissionais devem escolher município de atuação até quinta-feira (16)
Profissionais devem escolher município de atuação até quinta-feira (16)
Pei Fon/Prefeitura de Maceió
A Anvisa proibiu também a fabricação e distribuição do produto saneante Hipoclorito de sódio Clorunforte
A Anvisa proibiu também a fabricação e distribuição do produto saneante Hipoclorito de sódio Clorunforte
Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

Governo digital