Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2013 > 02 > Mutirão de cirurgia no quadril no Rio de Janeiro vai até quarta-feira (6)

Saúde

Mutirão de cirurgia no quadril no Rio de Janeiro vai até quarta-feira (6)

por Portal Brasil publicado: 04/02/2013 14h58 última modificação: 29/07/2014 09h20
Divulgação/Blog da Saúde O mutirão realizará 100 cirurgias de quadril. Assim diminuirá o tempo de espera desse tipo de procedimento na capital fluminense

O mutirão realizará 100 cirurgias de quadril. Assim diminuirá o tempo de espera desse tipo de procedimento na capital fluminense

A área ambulatorial do Into conta com 60 salas de atendimentos para todas as especialidades ortopédicas

 

O Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), na zona portuária do Rio de Janeiro (RJ), fará a partir desta segunda-feira (4) até quarta-feira (6), um mutirão para realizar 100 cirurgias de quadril e assim diminuir o tempo de espera desse tipo de procedimento na capital fluminense. Segundo o Into, são feitas anualmente cerca de 800 intervenções como essa no hospital.

Em dezembro passado, milhares de pessoas fizeram fila na porta do hospital para conseguir uma senha de atendimento. O Ministério da Saúde então mudou o esquema de atendimento que, desde janeiro, é feito somente pelo telefone (21) 2134-5000.

A área ambulatorial do Into conta com 60 salas de atendimentos para todas as especialidades ortopédicas. São feitas cerca de 300 mil consultas por ano, segundo o instituto. De janeiro a novembro passado, foram feitas quase 7 mil cirurgias no Into (22%) a mais em comparação com o mesmo período de 2011 e 180 mil consultas (74% a mais que em 2010).

  

Fonte

Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia. Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia.  Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia

Últimas imagens

Índice de reajuste pode ser aplicado somente a partir da data de aniversário de cada contrato
Índice de reajuste pode ser aplicado somente a partir da data de aniversário de cada contrato
Arquivo/Agência Brasil
Produtos da Cosmed também são fabricados pela Brainfarma, responsável pela linha de produção
Produtos da Cosmed também são fabricados pela Brainfarma, responsável pela linha de produção
Divulgação/Ministério da Saúde
Desde o dia 17 de abril, a vacina contra a gripe está disponível nos postos
Desde o dia 17 de abril, a vacina contra a gripe está disponível nos postos
Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Rótulos dos produtos divulgam falsas propriedades terapêuticas
Rótulos dos produtos divulgam falsas propriedades terapêuticas
Divulgação/EBC
Em 2016, os bancos de leite humano do País registraram mais de 300 atendimentos em grupos
Em 2016, os bancos de leite humano do País registraram mais de 300 atendimentos em grupos
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital