Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2013 > 04 > Mutirão de cirurgias no joelho beneficiam 143 pacientes

Saúde

Mutirão de cirurgias no joelho beneficiam 143 pacientes

por Portal Brasil publicado: 25/04/2013 16h58 última modificação: 29/07/2014 09h21
Divulgação / Min. Saúde O Into disponibilizou dez cirurgiões e especialistas para realizar o mutirão

O Into disponibilizou dez cirurgiões e especialistas para realizar o mutirão

Ação beneficiou pacientes que aguardavam para colocação de prótese no joelho

O Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into) realizou na última semana um mutirão para acelerar a fila de cirurgias de joelho.A ação beneficiou 143 pacientes que aguardavam pelo procedimento de atroplastia primária, intervenção que substitui a articulação desgastada do joelho por uma prótese.

Segundo o chefe do Centro de Cirurgia de Joelho, o ortopedista Hugo Cobra, o resultado foi bem acima do esperado. “Tudo correu bem e conseguimos finalizar com um saldo bastante positivo de 143 cirurgias em apenas uma semana, 43% acima da previsão inicial. Todos os pacientes estão bem, a maioria já teve alta, e agora serão acompanhados no ambulatório e na reabilitação”, afirmou.

Foram operados pacientes com artrose e artrites que tiveram a articulação desgastada devido a vários problemas, como desvio do eixo da perna e obesidade, necessitando da substituição articular por prótese para aliviar a dor e restabelecer a função do joelho.O Into realiza cerca de mil cirurgias de joelho por ano, sendo a maioria de artroplastia primária total.

Esse foi o quinto mutirão de cirurgias realizado este ano no Into, beneficiando, no total, 357 pacientes. Na primeira semana de abril foram realizadas 78 cirurgias (29 bilaterais) em 49 crianças no mutirão de ortopedia pediátrica.

A iniciativa em realizar os mutirões faz parte de um conjunto de medidas determinadas pelo Ministério da Saúde para ampliar a capacidade de atendimento do Into e reduzir o tempo de espera por cirurgias ortopédicas no Rio de Janeiro.

Fisioterapia pré-operatória

Outra ação importante que teve início no mutirão foi o início do programa de fisioterapia pré-operatória na Unidade de Reabilitação do Into, com o objetivo de fortalecer o membro não operado e fornecer aos pacientes conhecimentos necessários para que eles pratiquem os exercícios em casa.

Into

Criado em 1994, o Into atende exclusivamente pacientes do SUS no tratamento de doenças e traumas ortopédicos, de média e alta complexidade.

O Into é uma instituição especializada em atendimento cirúrgico e não presta serviços de emergência. O paciente deve passar primeiro por uma unidade pública de saúde e, caso seja constatada a necessidade de uma cirurgia, será encaminhado para tratamento.

Para chegar às regiões não beneficiadas por serviços desse tipo, o Into criou o Programa Suporte, que realiza atendimentos em ortopedia, traumatologia e reabilitação pós-operatória no estado e cidade do paciente.

Fonte:
Ministério da Saúde

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Número de brasileiros no Programa Mais Médicos aumentou
Em um ano, aumentou 44% a participação de médicos brasileiros no Programa Mais Médicos. Expectativa do governo é substituir 4 mil profissionais em três anos
Governo amplia recursos para UPAs 24h
Ministério da Saúde amplia em R$ 93 milhões os recursos para UPAS 24 horas. O investimento será usado para pagar e qualificar os serviços ofertados à população
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil
Em um ano, aumentou 44% a participação de médicos brasileiros no Programa Mais Médicos. Expectativa do governo é substituir 4 mil profissionais em três anos
Número de brasileiros no Programa Mais Médicos aumentou
Ministério da Saúde amplia em R$ 93 milhões os recursos para UPAS 24 horas. O investimento será usado para pagar e qualificar os serviços ofertados à população
Governo amplia recursos para UPAs 24h

Últimas imagens

A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Cícero Oliveira/UFRN

Governo digital