Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2013 > 04 > Embalagens de repelente devem trazer informações mais específicas ao consumidor

Saúde

Embalagens de repelente devem trazer informações mais específicas ao consumidor

por Portal Brasil publicado: 11/04/2013 12h18 última modificação: 29/07/2014 09h21
Divulgação / EBC Embalagens de repelentes não devem utilizar imagens de apelo infantil, afim de proteger crianças contra intoxicação

Embalagens de repelentes não devem utilizar imagens de apelo infantil, afim de proteger crianças contra intoxicação

Imagens de apelo infantil não poderão constar nos rótulos dos repelentes e informações ao consumidor devem ser mais detalhadas

 

Embalagens e rótulos de repelentes de insetos devem ser mais claros ao consumidor, além de não poderem mais utilizar desenhos ou imagens de apelo infantil, é o que determina a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com a Agência, a medida, publicada nesta quinta-feira (11) no Diário Oficial da União, serve para prevenir acidentes, já que o uso de imagens e figuras de apelo infantil podem despertar o interesse das crianças. No entanto, os fabricantes poderão continuar utilizando cores e dizeres apropriados para distinguir o produto de uso adulto e o de uso infantil.

Outra mudança diz respeito aos rótulos dos produtos com o ingrediente conhecido como Deet. Neste caso, os repelentes deverão trazer um alerta específico para o uso em crianças, destacando que o produto não deve ser utilizado em menores de dois anos. O rótulo também deverá deixar claro que o produto não deve ser utilizado mais do que três vezes ao dia em crianças de dois a 12 anos.

 

Resolução

A resolução estabelece os requisitos técnicos mínimos relativos à segurança, à eficácia e à rotulagem para a concessão de registro de produtos cosméticos repelentes de insetos. Se aplica a todos os produtos cosméticos com finalidade de repelência que se enquadram na categoria de repelentes de insetos. Para a obtenção do registro, as empresas deverão cumprir os requisitos previstos na resolução. Os fabricantes de repelentes  terão 18 meses para se adequar às novas regras

As normas estabelecidas também tratam sobre as informações contidas nos rótulos, por exemplo, o tempo para reaplicação do produto, o ingrediente ativo e sua concentração, além das frases de advertência que servem alerta para os consumidores quanto ao produto utilizado.   

 

Fontes:
Anvisa
Com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná

Governo digital