Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2013 > 04 > Prazo para registro de remédios será reduzido

Saúde

Prazo para registro de remédios será reduzido

por Portal Brasil publicado: 11/04/2013 16h20 última modificação: 29/07/2014 09h21
Divulgação / Portal Saúde A Anvisa passa a ter um técnico para analisar os registros

A Anvisa passa a ter um técnico para analisar os registros

Medida irá reduzir em até 45% o prazo para registro de medicamentos, desta maneira, mais produtos entrarão no mercado, incentivando a competitividade entre os fabricantes e possibilitando a redução de preços ao consumidor

 

A partir do dia 15 de abril, todo o processo de registro de medicamentos no Brasil será feito de forma eletrônica. A nova medida faz parte de um pacote de mudanças que serão adotadas para reduzir o tempo de espera do registro e do custo dos medicamentos no País. Desta maneira, mais produtos entrarão no mercado, incentivando a competitividade entre os fabricantes e possibilitando a redução de preços ao consumidor.

Agora, se a empresa tem um produto em décimo lugar na fila de espera por registro, e tem outro em segundo, ela poderá trocar o que está em décimo para segundo e, com isso, acelerar o registro daquele que considerar mais importante. Com as mudanças, a previsão é de que haja redução de até 45% no prazo do processo que, atualmente, leva em média até dois anos.

A meta do governo brasileiro é atingir o mesmo prazo da agência americana para produtos de interesse do Sistema Único de Saúde ou produtos inovadores, que vão de seis a nove meses. A iniciativa também pretende zerar, até dezembro, a fila de produtos que estão esperando há mais de seis meses para registro, além de reduzir para 45 dias, no máximo, a primeira avaliação da Anvisa quando existe o pedido de um produto de interesse da saúde ou um produto inovador.

As novas medidas fazem parte de um acordo firmado entre o Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior (Mdic), o Ministério da Saúde e a Anvisa.

 

Competitividade

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, explicou que a diminuição dos prazos de registros aumentará a competitividade das empresas nacionais diante do mercado global. “Uma das questões que afeta a competitividade da produção nacional, quando a comparamos com a produção internacional, são os prazos de registro da Anvisa. Com essas medidas nós encurtamos os prazos, aumentando a capacidade competitiva do produtor nacional”, concluiu.

O presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, ponderou que, no processo de registro de produtos novos, é importante que as tecnologias estejam disponíveis no menor tempo possível, pois muitas vezes elas são usadas para tratar doenças para as quais ainda não existem medicamentos.

 

Fonte:
Ministério do Desenvolvimento, Industria e Comércio Exterior

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo lança campanha de combate a Aids no Carnaval
Governo lança campanha de combate a Aids no Carnaval foi lançada em Salvador/BA. Neste ano serão distribuídos 100 milhões de preservativos
Embrapa faz parceria com outros países no combate à Aids
Trabalho conjunto usa soja geneticamente modificada para produzir uma proteína que dificulta o desenvolvimento do vírus
Ministério da Saúde destina novos equipamentos de radioterapia para tratamento do câncer
Pesquisa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) aponta mais de 600 mil novos casos da doença em 2018. Para auxiliar no tratamento, governo anunciou nesta sexta-feira (2) a entrega de novos equipamentos de radioterapia para hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS)
Governo lança campanha de combate a Aids no Carnaval foi lançada em Salvador/BA. Neste ano serão distribuídos 100 milhões de preservativos
Governo lança campanha de combate a Aids no Carnaval
Trabalho conjunto usa soja geneticamente modificada para produzir uma proteína que dificulta o desenvolvimento do vírus
Embrapa faz parceria com outros países no combate à Aids
Pesquisa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) aponta mais de 600 mil novos casos da doença em 2018. Para auxiliar no tratamento, governo anunciou nesta sexta-feira (2) a entrega de novos equipamentos de radioterapia para hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS)
Ministério da Saúde destina novos equipamentos de radioterapia para tratamento do câncer

Governo digital