Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2013 > 12 > Espírito Santo recebe ajuda da Força Nacional do SUS

Saúde

Espírito Santo recebe ajuda da Força Nacional do SUS

Enchentes

Ministério da Saúde vai enviar quase duas toneladas de medicamentos e insumos, além de disponibilizar profissionais para ajudar no atendimento à população
por Portal Brasil publicado: 23/12/2013 17h40 última modificação: 29/07/2014 09h16

O Ministério da Saúde vai encaminhar para o Espírito Santo cerca de duas toneladas de medicamentos e insumos que devem chegar ao estado na noite desta segunda-feira (23). Além disso, o ministério, por meio da Força Nacional do SUS (FN-SUS), enviou, no domingo (22), profissionais para atuar no gabinete de crise que coordena as ações de atendimento à população prejudicada pelas chuvas que atingiram o estado nos últimos dias. Os integrantes da FN-SUS estão em fase de busca de informações, análise da rede de saúde e verificação da necessidade de apoio à assistência.

O estado foi atingido por fortes chuvas que já deixaram cerca de 40 mil pessoas desabrigadas e provocaram a morte de seis pessoas. Os medicamentos encaminhados compõem 10 kits com capacidade para atender cerca de 1.500 pessoas por mês cada um. O kit é composto por 48 itens (30 tipos de medicamentos e 18 insumos para primeiros-socorros).

“O Ministério da Saúde coloca à disposição de estados e municípios em situação de emergência, a Força Nacional do SUS. Estamos preparados para agir em diferentes situações com equipes treinadas e de prontidão, materiais de emergência, logística e veículos para socorrer as mais variadas situações em todo o Brasil”, afirma o secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Helvécio Magalhães.

Atualmente, o Ministério da Saúde conta com 42 equipes de respostas a desastres – formada por médicos, enfermeiros e auxiliares – em escala por semana epidemiológica para atuar em situações de emergência. A ação da FN-SUS pode ser solicitada tanto pelo gestor local quanto pelo governo federal por meio do Ministério da Integração.

Força Nacional do SUS

Criada em novembro de 2011 para agir no atendimento a vítimas de desastres naturais, calamidades públicas ou situações de risco epidemiológico, a FN-SUS atuou em 19 missões, sendo (6) seis de desastres naturais, (04) quatro relacionados à assistência, (08) oito de apoio à gestão local nas diversas situações e (01) de tragédia.
Ainda em 2013, houve a missão exploratória na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro, após a enchente, com envio de técnicos da FN-SUS e distribuição de kits desastres contendo insumos estratégicos e medicamentos, descartáveis e hipoclorito de sódio para descontaminação e tratamento da água.

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Crianças dão um show de conhecimento sobre a luta contra o Aedes aegypti
Aedes aegypti é transmissor de doenças graves, como a dengue, a zika e a chikungunya
Hospital da Bahia oferece tratamento completo contra o câncer
Hospital das Obras da Irmã Dulce, em Salvador, implantou radioterapia
SUS oferece tratamento para parar de fumar
Parar de fumar é uma decisão fundamental para a saúde, mas abandonar a dependência pode ser bem difícil
Aedes aegypti é transmissor de doenças graves, como a dengue, a zika e a chikungunya
Crianças dão um show de conhecimento sobre a luta contra o Aedes aegypti
Hospital das Obras da Irmã Dulce, em Salvador, implantou radioterapia
Hospital da Bahia oferece tratamento completo contra o câncer
Parar de fumar é uma decisão fundamental para a saúde, mas abandonar a dependência pode ser bem difícil
SUS oferece tratamento para parar de fumar

Últimas imagens

Em cada estado, foram selecionadas três maternidades para receber a estratégia neste primeiro momento
Em cada estado, foram selecionadas três maternidades para receber a estratégia neste primeiro momento
Divulgação/Governo de Goiás
Organização alertou ainda que o comércio ilegal de tabaco está agravando o tabagismo
Organização alertou ainda que o comércio ilegal de tabaco está agravando o tabagismo
Arquivo/USP Imagens
Os preservativos são distribuídas pelo SUS gratuitamente em todo o País
Os preservativos são distribuídas pelo SUS gratuitamente em todo o País
Divulgação/Ministério da Saúde
O Soliqua é indicado para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2 para melhorar o controle glicêmico
O Soliqua é indicado para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2 para melhorar o controle glicêmico
Antonio Cruz/Agência Brasil
Ferramenta reduz custos, pois dá ao médico acesso ao histórico do paciente e evita exames ou consultas repetidas
Ferramenta reduz custos, pois dá ao médico acesso ao histórico do paciente e evita exames ou consultas repetidas
Foto: rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital