Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2014 > 01 > Ministério da Saúde lança quarto edital do Mais Médicos

Saúde

Ministério da Saúde lança quarto edital do Mais Médicos

Atenção à saúde

Inscrições podem ser feitas entre 24 de janeiro e 5 de fevereiro; profissionais devem estar regularizados com Justiça Eleitoral
por Portal Brasil publicado: 17/01/2014 09h12 última modificação: 30/07/2014 03h25

A Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde publicou, nesta sexta-feira (17), no Diário Oficial da União, chamamento público para médicos formados em faculdades nacionais ou estrangeiras.

O texto especifica que os médicos formados no exterior precisam revalidar seus diplomas.

O objetivo da convocação é compor o quadro do quarto edital do Programa Mais Médicos, do Governo Federal. As inscrições começam no dia 24 de janeiro, às 20 horas, e serão encerradas às 20 horas do dia 5 de fevereiro.

Para participar do programa, os profissionais devem estar regularizados com a Justiça Eleitoral e, para os homens, em dia com as obrigações militares. Em relação à qualificação, é necessário possuir o certificado de conclusão de curso ou diploma graduação, estar em situação regular para o exercício da medicina (habilitação do Conselho Regional de Medicina).e não participar de programas de residência médica.

Caso o profissional participe de algum programa de residência, ele terá dois dias úteis (contados a partir da data de homologação da desistência) para enviar o comprovante de desligamento do projeto.

Seleção

A seleção e a convocação dos médicos para preenchimento das vagas será feita na seguinte ordem:

  1. Médicos formados em instituições de educação superior brasileiras ou com diploma revalidado no País, com habilitação para o exercício da medicina em território nacional;
  2. Médicos brasileiros formados em instituições estrangeiras, com habilitação para exercício da medicina no exterior; 
  3. Médicos estrangeiros com habilitação para exercício de medicina no exterior.

Mais Médicos

O Programa Mais Médicos objetiva melhorar o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde por meio de mais investimentos na infraestrutura de hospitais e unidades de saúde. Além disso, a iniciativa leva mais médicos a regiões onde há escassez e ausência de profissionais.

Outro ponto importante do programa é a expansão do número de vagas de medicina e de residência médica, além do aprimoramento da formação médica no Brasil.

Confira mais detalhes do edital.

Fonte:
Portal Brasil com informações do Diário Oficial da União

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

registrado em: , , ,
Assunto(s): Emprego, Saúde

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo reafirma compromisso com políticas de saúde no Nordeste
Ministro da Saúde apresentou pontos prioritários para estimular oportunidades de negócios na área da saúde
A importância do leite materno
Você sabe por que o leite materno é tão importante para o desenvolvimento do seu bebê? Conheça os benefícios do aleitamento
Mitos e verdades: alimentação da mãe
O que a mãe come enquanto está amamentando tem influência sobre o bebê? Saiba o que um pediatra tem a dizer sobre isso
Ministro da Saúde apresentou pontos prioritários para estimular oportunidades de negócios na área da saúde
Governo reafirma compromisso com políticas de saúde no Nordeste
Você sabe por que o leite materno é tão importante para o desenvolvimento do seu bebê? Conheça os benefícios do aleitamento
A importância do leite materno
O que a mãe come enquanto está amamentando tem influência sobre o bebê? Saiba o que um pediatra tem a dizer sobre isso
Mitos e verdades: alimentação da mãe

Últimas imagens

Segundo resolução da Anvisa, os rótulos deverão informar a existência de dezessete substâncias
Segundo resolução da Anvisa, os rótulos deverão informar a existência de dezessete substâncias
Divulgação/EBC
Confira também dicas de como preceder no caso de suspeita de infarto
Confira também dicas de como preceder no caso de suspeita de infarto
Infográfico mostra resultado de acordo entre governo federal e indústrias de alimentos para diminuir quantidade de sal em produtos
Infográfico mostra resultado de acordo entre governo federal e indústrias de alimentos para diminuir quantidade de sal em produtos

Governo digital