Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2014 > 08 > MS libera recursos para serviço de saúde no Rio Grande do Sul

Saúde

MS libera recursos para serviço de saúde no Rio Grande do Sul

Ambulatório

Objetivo da medida é dar suporte no atendimento de média e alta complexidade em hospital no município de Montenegro
por Portal Brasil publicado: 18/08/2014 09h27 última modificação: 18/08/2014 09h27
Crédito/Governo do Rio Grande do Sul Hospital receberá recursos pelo Bloco de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial

Hospital receberá recursos pelo Bloco de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial

O Ministério da Saúde liberou R$ 2,4 milhões para o limite financeiro anual da assistência ambulatorial e hospitalar do estado do Rio Grande do Sul. A medida, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira(18), define que os recursos sejam repassados pelo Bloco de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial.

Os valores serão aplicados no estabelecimento de saúde Associação Ordem Terceira das Senhoras Evangélicas Montenegro - Hospital Montenegro, no município de Montenegro (RS). O objetivo é dar suporte e melhorar o atendimento de média e alta complexidade no local.

O Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para a transferência, regular e automática, ao Fundo Estadual de Saúde, em parcelas mensais. A portaria entrou em vigor na data de publicação.

Fonte:

Portal Brasil, com informações da Imprensa Nacional

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Campanha destaca a importância do tratamento da tuberculose
Ministério da Saúde lança Campanha Todos Juntos contra a Tuberculose. O objetivo é conscientizar a população da importância de fazer o tratamento até o fim da doença
Ministério da Saúde economiza R$ 3 bilhões em 300 dias de gestão
Parte dos recursos foram utilizados na compra de cinco milhões de doses extras de vacinas, tratamentos e renovação da frota de ambulâncias, além de construções de novas UPAs
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Ministério da Saúde lança Campanha Todos Juntos contra a Tuberculose. O objetivo é conscientizar a população da importância de fazer o tratamento até o fim da doença
Campanha destaca a importância do tratamento da tuberculose
Parte dos recursos foram utilizados na compra de cinco milhões de doses extras de vacinas, tratamentos e renovação da frota de ambulâncias, além de construções de novas UPAs
Ministério da Saúde economiza R$ 3 bilhões em 300 dias de gestão
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País

Últimas imagens

O anúncio dos recursos foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta quarta-feira (30)
O anúncio dos recursos foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta quarta-feira (30)
Divulgação/Ministério da Saúde
 Em 2016, mais de 2 milhões de atendimentos das PICs foram realizados em Unidades Básicas de Saúde
Em 2016, mais de 2 milhões de atendimentos das PICs foram realizados em Unidades Básicas de Saúde
Divulgação/Governo do Rio Grande do Sul
A interdição é resultado da comunicação com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
A interdição é resultado da comunicação com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Foto: Gilson Abreu/Fiep
Anvisa determinou que a empresa Newage Indústria de Bebidas Ltda recolha o estoque
Anvisa determinou que a empresa Newage Indústria de Bebidas Ltda recolha o estoque
Carla Cleto/Governo de Alagoas
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC

Governo digital