Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2014 > 08 > MS libera recursos para serviço de saúde no Rio Grande do Sul

Saúde

MS libera recursos para serviço de saúde no Rio Grande do Sul

Ambulatório

Objetivo da medida é dar suporte no atendimento de média e alta complexidade em hospital no município de Montenegro
por Portal Brasil publicado: 18/08/2014 09h27 última modificação: 18/08/2014 09h27
Crédito/Governo do Rio Grande do Sul Hospital receberá recursos pelo Bloco de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial

Hospital receberá recursos pelo Bloco de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial

O Ministério da Saúde liberou R$ 2,4 milhões para o limite financeiro anual da assistência ambulatorial e hospitalar do estado do Rio Grande do Sul. A medida, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira(18), define que os recursos sejam repassados pelo Bloco de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial.

Os valores serão aplicados no estabelecimento de saúde Associação Ordem Terceira das Senhoras Evangélicas Montenegro - Hospital Montenegro, no município de Montenegro (RS). O objetivo é dar suporte e melhorar o atendimento de média e alta complexidade no local.

O Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para a transferência, regular e automática, ao Fundo Estadual de Saúde, em parcelas mensais. A portaria entrou em vigor na data de publicação.

Fonte:

Portal Brasil, com informações da Imprensa Nacional

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Ministério da Saúde garante que não faltará vacina de febre amarela
A pasta atualizou os dados sobre os casos de febre amarela registrados no País e garantiu que não vai faltar vacina para imunização
Secretária fala sobre aborto e tratamento das mulheres nos hospitais públicos
Fátima Pelaes detalha ações do governo para o tratamento das mulheres em hospitais públicos e planejamento familiar
Entenda o que é a dose fracionada da vacina contra febre amarela
População de municípios de São Paulo, Rio e Bahia vai receber a dose fracionada da vacina, por decisão do Ministério da Saúde
A pasta atualizou os dados sobre os casos de febre amarela registrados no País e garantiu que não vai faltar vacina para imunização
Ministério da Saúde garante que não faltará vacina de febre amarela
Fátima Pelaes detalha ações do governo para o tratamento das mulheres em hospitais públicos e planejamento familiar
Secretária fala sobre aborto e tratamento das mulheres nos hospitais públicos
População de municípios de São Paulo, Rio e Bahia vai receber a dose fracionada da vacina, por decisão do Ministério da Saúde
Entenda o que é a dose fracionada da vacina contra febre amarela

Últimas imagens

Redução é acompanhada do aumento das inciativas do Ministério da Saúde para intensificar os trabalhos de combate ao mosquito Aedes aegypti
Redução é acompanhada do aumento das inciativas do Ministério da Saúde para intensificar os trabalhos de combate ao mosquito Aedes aegypti
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Kits contêm 30 tipos de medicamentos e 18 tipos de insumos
Kits contêm 30 tipos de medicamentos e 18 tipos de insumos
Arquivo/EBC

Governo digital