Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2014 > 08 > Vitaminas B6, B9 e B12 são fundamentais para o metabolismo

Saúde

Vitaminas B6, B9 e B12 são fundamentais para o metabolismo

Alimentação saudável

Confira quais alimentos consumir em uma dieta correta para o funcionamento pleno das diversas reações que acontecem no corpo
publicado: 15/08/2014 15h56 última modificação: 15/08/2014 15h56
Divulgação/ Ceasa-ES Banana está entre os alimentos mais ricos em vitamina B6, assim como a maçã

Banana está entre os alimentos mais ricos em vitamina B6, assim como a maçã

As vitaminas são essenciais para o funcionamento normal do metabolismo, e, em caso de falta ou excesso, doenças podem ser desencadeadas. Confira a seguir alguns aspectos das vitaminas B6, B9 e B12 e a importância de uma dieta correta para o funcionamento pleno das diversas reações que acontecem no corpo. 

Vitamina B6 

A vitamina B6, conhecida como piridoxina, é encontrada em abundância em alimentos de origem animal e vegetal, portanto pode ser suprida ao organismo através da alimentação. O composto é responsável pelo metabolismo das proteínas, dos carboidratos e gorduras, e é fundamental para o desenvolvimento do sistema nervoso central e da função cognitiva.

A deficiência isolada em vitamina B6 é rara, pois geralmente é acompanhada da deficiência de outras vitaminas do complexo B e não tem como principal causa o consumo inadequado dos nutrientes, porque pode ser encontrada em uma ampla variedade de alimentos.

Na maioria das situações, a deficiência ocorre por má absorção, fatores genéticos, interação com medicamentos, consumo exagerado de álcool, tabagismo, entre outros. Os principais sintomas são observados na pele, no sistema nervoso e no sangue. 

Vitamina B9 

Comumente conhecida como ácido fólico, que é a forma sintética da vitamina, ela é encontrada em suplementos, medicamentos e produtos fortificados. O principal papel do ácido fólico está no metabolismo de aminoácidos e na síntese de DNA, que é fundamental para o desenvolvimento embrionário.

Estudos mostram que a suplementação com ácido fólico previne defeitos nesse desenvolvimento nos períodos de gestação. As fontes são as vísceras, feijão e os vegetais de folhas verdes escuras, como espinafre e brócolis.

Como medida de prevenção, no Brasil, temos a Fortificação Obrigatória das Farinhas de Trigo e Milho com Ferro e ácido fólico e também o Programa Nacional de Suplementação de Ferro. Nele recomenda-se a suplementação preventiva para as gestantes que iniciarem o pré-natal, independente da idade gestacional, até o terceiro mês pós-parto.

Vitamina B12 

Também conhecida como cobalamina, o armazenamento da vitamina ocorre em maior quantidade no fígado e em menor quantidade nos rins, sendo liberada quando necessário para a medula óssea e outros tecidos corporais. É essencial para o funcionamento do metabolismo das células, em especial as do trato gastrointestinal, da medula óssea e do tecido nervoso. Participa no metabolismo das proteínas e está associada à absorção do ácido fólico. 

As causas da deficiência da vitamina podem ser classificadas em três categorias: redução da capacidade absortiva, aumento das necessidades e consumo insuficiente. A manifestação mais evidente da deficiência é a anemia perniciosa ou megaloblástica, causada pela má absorção de B12, podendo ser acompanhada de alterações neurológicas. Os alimentos ricos em vitamina B12 são os de origem animal, tais como produtos lácteos, carne, fígado, peixes e ovos. 

É importante lembrar que consultar um nutricionista para avaliar e recomendar uma dieta saudável é mais seguro. Os complementos vitamínicos e as doses diárias de vitaminas também devem ser recomendados por profissionais de saúde especializados. 

Fonte:

Blog da Saúde 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Ministério da Saúde vai destinar R$ 520 milhões para a compra de ambulâncias
O Ministério da Saúde liberou R$ 520 milhões para a compra de 6,5 mil ambulâncias que vão ser distribuídas para municípios de todo o País. Iniciativa vai reduzir a burocracia e facilitar o acesso dos municípios aos veículos
Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplantes cardíacos em adultos e crianças
É o único hospital público a realizar transplantes cardíacos em adultos e crianças no estado do Rio de Janeiro
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
O Ministério da Saúde liberou R$ 520 milhões para  a compra de 6,5 mil ambulâncias que vão ser distribuídas para   municípios de todo o País. Iniciativa vai reduzir a burocracia e facilitar o acesso dos municípios aos veículos
Ministério da Saúde vai destinar R$ 520 milhões para a compra de ambulâncias
É o único hospital público a realizar transplantes cardíacos em adultos e crianças no estado do Rio de Janeiro
Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplantes cardíacos em adultos e crianças

Últimas imagens

Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Arquivo/Agência Brasil
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital