Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2014 > 09 > Aprovadas diretrizes para diagnóstico do câncer de cólon e reto

Saúde

Aprovadas diretrizes para diagnóstico do câncer de cólon e reto

Procedimentos

Câncer é tratável e, na maioria dos casos, curável, ao ser detectado precocemente. Orientações incluem critérios de tratamento
por Portal Brasil publicado: 29/09/2014 08h30 última modificação: 29/09/2014 08h30

Considerando a necessidade de se atualizarem os parâmetros sobre o câncer de cólon e reto no Brasil, o Ministério da Saúde aprovou as Diretrizes Diagnósticas e Terapêuticas - Carcinoma Colorretal, para pacientes com a doença.

O câncer colorretal abrange tumores que acometem um segmento do intestino grosso (o cólon) e o reto. É tratável e, na maioria dos casos, curável, ao ser detectado precocemente, quando ainda não se espalhou para outros órgãos. Grande parte desses tumores se inicia a partir de pólipos, lesões benignas que podem crescer na parede interna do intestino grosso. Uma maneira de prevenir o aparecimento dos tumores seria a detecção e a remoção dos pólipos antes de eles se tornarem malignos.

A aprovação das diretrizes diagnósticas e terapêuticas foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (29) e o documento está disponível no site da pasta.

As diretrizes contêm os critérios de diagnóstico, tratamento e mecanismos de regulação, controle e avaliação. Elas são de caráter nacional e devem ser utilizadas pelas Secretarias de Saúde dos estados e das cidades na regulação do acesso assistencial, autorização, registro e ressarcimento dos procedimentos correspondentes.

Fonte:
Portal Brasil, com informações da Imprensa Nacional e do Instituto Nacional de Câncer

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Acordo possibilitará estruturação financeira para a Santa Casa de São Paulo
Acordo irá liberar R$ 360 milhões para a reestruturação financeira da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo
ANS regulamenta contratação online de planos de saúde
Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) cria regras que dão mais segurança ao consumidor que for contratar um plano de saúde pela internet
Governo destinará R$ 1 bilhão às Unidades de Pronto Atendimento
Ministério da Saúde registrou economia R$ 1 bilhão após renegociação de contratos e outras medidas. Recursos serão destinados às UPAs e Santas Casas
Acordo irá liberar R$ 360 milhões para a reestruturação financeira da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo
Acordo possibilitará estruturação financeira para a Santa Casa de São Paulo
Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) cria regras que dão mais segurança ao consumidor que for contratar um plano de saúde pela internet
ANS regulamenta contratação online de planos de saúde
Ministério da Saúde registrou economia R$ 1 bilhão após renegociação de contratos e outras medidas. Recursos serão destinados às UPAs e Santas Casas
Governo destinará R$ 1 bilhão às Unidades de Pronto Atendimento

Últimas imagens

A quantidade de Caps no País cresceu 1.479,7% entre 1998 (148) e 2016 (2.338)
A quantidade de Caps no País cresceu 1.479,7% entre 1998 (148) e 2016 (2.338)
Arquivo/EBC
Os dois nomes foram sabatinados e aprovados pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal (CAS)
Os dois nomes foram sabatinados e aprovados pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal (CAS)
Divulgação/EBC
Força Nacional do SUS viajou para a Colômbia em avião da FAB
Força Nacional do SUS viajou para a Colômbia em avião da FAB
Foto: Tenente Enilton/Força Aérea Brasileira
Redução das mortes é resultado do incentivo ao diagnóstico e início precoce do tratamento
Redução das mortes é resultado do incentivo ao diagnóstico e início precoce do tratamento
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Mais de 2,2 mil municípios participaram do levantamento do Ministério da Saúde sobre as doenças
Mais de 2,2 mil municípios participaram do levantamento do Ministério da Saúde sobre as doenças
Divulgação/Governo do Mato Grosso

Governo digital