Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2016 > 02 > Brasileiros ocuparam todas as vagas oferecidas pelo Mais Médicos

Saúde

Brasileiros ocuparam todas as vagas oferecidas pelo Mais Médicos

Reposição

No total, 12.791 médicos disputaram as 1.173 vagas em 649 municípios; profissionais devem se apresentar até o dia 16 para ter o nome incluído no sistema
publicado: 11/02/2016 12h29 última modificação: 12/02/2016 19h15

Médicos brasileiros, com CRM do País, preencheram todas as vagas oferecidas pelo Programa Mais Médicos na primeira chamada do atual edital. No total, 12.791 médicos disputaram as 1.173 vagas em 649 municípios. Os profissionais selecionados devem se apresentar à prefeitura entre os dias 11 e 16 de fevereiro para ter o nome incluído no sistema.

Para o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Hêider Pinto, o resultado é mais um indicativo da consolidação do Programa e da aprovação por parte dos médicos brasileiros. “É mais uma mostra de que o Programa além de ser bem avaliado pela população e pelos médicos que participam dele, também é cada vez mais procurado pelos médicos brasileiros", afirmou.

Uma pesquisa feita pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) mostrou que a nota média dada ao Programa pelos médicos entrevistados foi de 9,1, e que 81% deles indicariam a experiência a um colega.

Para concorrer às vagas, cada profissional teve que selecionar quatro cidades, em ordem de preferência. Os médicos disputaram somente com aqueles que optaram pelas mesmas cidades. Caso os profissionais selecionados na primeira chamada não compareçam aos municípios para confirmar a participação, as vagas serão ofertadas novamente para brasileiros com registro do País em segunda chamada, prevista para 19 de fevereiro.

A classificação na concorrência das vagas seguiu, basicamente, as mesmas regras adotadas nos editais anteriores: ter título de Especialista em Medicina de Família e Comunidade; ter experiência comprovada na Estratégia de Saúde da Família; ou ter participado do Programa de Educação pelo Trabalho – PET (Vigilância, Saúde, Saúde da Família e Saúde Indígena) ou do VER-SUS. Como critérios de desempate foram considerados a maior proximidade entre o município desejado e o de nascimento e ter maior idade. Os mesmos critérios serão aplicados na segunda chamada.

Permanência no programa

Os profissionais que já atuam no Mais Médicos e encerram as atividades do programa neste mês manifestaram o interesse em estender o período de atuação nos municípios, que também dá direito à bonificação nas provas de residência médica. Dos 2.246 profissionais aptos a utilizar o bônus, 1.266 (56%) optaram por permanecer na mesma vaga por até mais três anos.

Na primeira chamada de 2015 do Programa, última ampliação realizada, os médicos com CRM Brasil ou brasileiros graduados no exterior preencheram todas as 4.139 oportunidades ofertadas. Com a expansão, o programa conta com 18.240 vagas autorizadas em 4.058 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dsei), levando assistência para cerca de 63 milhões de pessoas.

Criado em 2013, o Programa Mais Médicos ampliou a assistência na Atenção Básica levando médicos às regiões com carência de profissionais. Além do provimento emergencial de médicos, a iniciativa prevê ações voltadas à infraestrutura e à reestruturação da formação médica no país.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Acordo possibilitará estruturação financeira para a Santa Casa de São Paulo
Acordo irá liberar R$ 360 milhões para a reestruturação financeira da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo
ANS regulamenta contratação online de planos de saúde
Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) cria regras que dão mais segurança ao consumidor que for contratar um plano de saúde pela internet
Governo destinará R$ 1 bilhão às Unidades de Pronto Atendimento
Ministério da Saúde registrou economia R$ 1 bilhão após renegociação de contratos e outras medidas. Recursos serão destinados às UPAs e Santas Casas
Acordo irá liberar R$ 360 milhões para a reestruturação financeira da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo
Acordo possibilitará estruturação financeira para a Santa Casa de São Paulo
Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) cria regras que dão mais segurança ao consumidor que for contratar um plano de saúde pela internet
ANS regulamenta contratação online de planos de saúde
Ministério da Saúde registrou economia R$ 1 bilhão após renegociação de contratos e outras medidas. Recursos serão destinados às UPAs e Santas Casas
Governo destinará R$ 1 bilhão às Unidades de Pronto Atendimento

Últimas imagens

A quantidade de Caps no País cresceu 1.479,7% entre 1998 (148) e 2016 (2.338)
A quantidade de Caps no País cresceu 1.479,7% entre 1998 (148) e 2016 (2.338)
Arquivo/EBC
Os dois nomes foram sabatinados e aprovados pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal (CAS)
Os dois nomes foram sabatinados e aprovados pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal (CAS)
Divulgação/EBC
Força Nacional do SUS viajou para a Colômbia em avião da FAB
Força Nacional do SUS viajou para a Colômbia em avião da FAB
Foto: Tenente Enilton/Força Aérea Brasileira
Redução das mortes é resultado do incentivo ao diagnóstico e início precoce do tratamento
Redução das mortes é resultado do incentivo ao diagnóstico e início precoce do tratamento
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Mais de 2,2 mil municípios participaram do levantamento do Ministério da Saúde sobre as doenças
Mais de 2,2 mil municípios participaram do levantamento do Ministério da Saúde sobre as doenças
Divulgação/Governo do Mato Grosso

Governo digital