Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2016 > 02 > Fiocruz oferece ao público biblioteca temática sobre o Aedes aegypti

Saúde

Fiocruz oferece ao público biblioteca temática sobre o Aedes aegypti

Informação

Biblioteca oferece mais de quatro mil artigos, com pesquisas e estudos associados à produção científica internacional
publicado: 12/02/2016 12h50 última modificação: 12/02/2016 19h22
Divulgação/Blog da Saúde Para facilitar a pesquisa, a biblioteca disponibiliza um tutorial para a utilização das referências bibliográficas

Para facilitar a pesquisa, a biblioteca disponibiliza um tutorial para a utilização das referências bibliográficas

A Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz) lançou a biblioteca temática Aedes Informa para reunir referências bibliográficas sobre zika e chikungunya disponíveis nas bases de dados Lilacs, Pubmed, Scopus e Web of Science.

Desenvolvida no Zotero, um software livre utilizado para gestão e compartilhamento de referências, a biblioteca temática é atualizada regularmente e já oferece mais de quatro mil artigos, apresentando um panorama de pesquisas e estudos associados à produção científica internacional. Para facilitar a pesquisa, a biblioteca disponibiliza um tutorial para a utilização das referências bibliográficas.

Os usuários irão encontrar na biblioteca informações sobre os conteúdos publicados, tais como o título das publicações, o nome dos autores, periódico de origem, entre outras. Para solicitar a íntegra dos artigos basta entrar em contato com a rede de bibliotecas da Fiocruz pelo Fale Conosco do Portal Fiocruz, informando o título do conteúdo desejado.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Anvisa determinou que a empresa Newage Indústria de Bebidas Ltda recolha o estoque
Anvisa determinou que a empresa Newage Indústria de Bebidas Ltda recolha o estoque
Carla Cleto/Governo de Alagoas
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa

Governo digital