Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2016 > 02 > Temer destaca a importância do combate preventivo ao Aedes aegypti

Saúde

Temer destaca a importância do combate preventivo ao Aedes aegypti

Zika Zero

O vice-presidente visitou escola na capital acreana e falou sobre a importância das ações de combate ao mosquito
por Portal Brasil publicado: 19/02/2016 20h07 última modificação: 04/03/2016 10h39

O vice-presidente Michel Temer esteve no Acre nesta sexta-feira (19) para realizar ações da Mobilização Nacional da Educação Zika Zero. Na escola José Sales de Araújo, em Rio Branco (AC), Temer deu orientações aos estudantes sobre como combater o mosquito Aedes aegypti.

Ele destacou a importância do controle para prevenção do zika vírus, da dengue e da chikungunya, especialmente em locais como a capital acreana, onde ainda não há registro de pacientes com vírus zika. "Estou vendo, pela mobilização que vocês estão fazendo, que aqui no Acre o mosquito não vai ter coragem de entrar, porque vocês vão combater de uma tal maneira que vão eliminar preventivamente", disse.

Ele convidou as crianças para fazer o trabalho de vigilantes mirins e conferir a casa e a comunidade em busca de possíveis criadouros do Aedes aegypti. "O que vocês vão fazer em casa, crianças, é olhar em volta na caixa d'água, vaso de planta e, se tiver água parada, chamar o papai ou a mamãe e retira a água parada que está lá. Assim, daremos um jeito nessa epidemia", completou. Temer ainda avaliou que as mobilizações nacionais tem dado resultado, já que o tema do combate ao mosquito tem ocupado todos os espaços de discussão.

A iniciativa faz parte dos esforços do governo federal previstos no Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes aegypti e à microcefalia, lançado pela presidenta Dilma Rousseff em dezembro do ano passado. Segundo o Ministério da Saúde, cerca de dois terços dos criadouros do mosquito estão dentro das casas.

Fonte: Portal Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia. Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia.  Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia

Últimas imagens

No primeiro mutirão, foram realizados 3.649 atendimentos em 22 estados e Distrito Federal
No primeiro mutirão, foram realizados 3.649 atendimentos em 22 estados e Distrito Federal
Merval Filho/Ebserh
Glaucoma não tem cura, mas pode ser controlado com colírios ou cirurgia
Glaucoma não tem cura, mas pode ser controlado com colírios ou cirurgia
Divulgação/Governo do Espírito Santo
O laboratório público Bio-Manguinhos/Fiocruz produz cerca de 6 milhões de doses mensais da vacina
O laboratório público Bio-Manguinhos/Fiocruz produz cerca de 6 milhões de doses mensais da vacina
Divulgação/Ministério da Saúde
Percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente deve aumentar em no mínimo 17,8%
Percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente deve aumentar em no mínimo 17,8%
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital