Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2016 > 02 > Trote Cidadão inclui universitários no combate ao Aedes

Saúde

Trote Cidadão inclui universitários no combate ao Aedes

Universidade Federal da Paraíba

A mobilização de combate ao mosquito começou em 29 de janeiro, com a capacitação de mais de 300 funcionários
por Portal Brasil publicado: 06/02/2016 10h30 última modificação: 12/02/2016 15h30
Dennisson Vasconcelos/UFPB A campanha contra o mosquito já começou em todos os campi da UFPB, com distribuição de panfletos e conscientização de estudantes e funcionários

A campanha contra o mosquito já começou em todos os campi da UFPB, com distribuição de panfletos e conscientização de estudantes e funcionários

Calouros da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) participam de um trote solidário que envolve o combate ao Aedes aegypti nos campi da instituição. Com a ação, eles ajudam no combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. O "Trote Cidadão" conta com apoio das secretarias de saúde municipais.

Além do campus de João Pessoa, os campi de Bananeiras, Areia, Rio Tinto e Mamanguape e a unidade de Mangabeira recebem ações de combate ao mosquito e de conscientização.

“Vendo o problema do zika vírus, achamos importante assumir essa batalha contra o mosquito”, afirmou o vice-coordenador da Comissão de Gestão Ambiental (CGA) da UFPB, professor Ruy Portela.

Mobilização

A mobilização de combate ao mosquito começou em 29 de janeiro, com a capacitação de mais de 300 funcionários, responsáveis pela limpeza do campus I (João Pessoa), e a participação de agentes de saúde da capital paraibana. Os servidores estão aptos a vistoriar instalações, eliminar focos de insetos e realizar ações preventivas. No mesmo dia, foi feita uma varredura no campus, além de outras atividades no decorrer da semana.

O Trote Cidadão é uma extensão do já existente Trote Verde, aplicado na universidade desde 2010, que repassa a consciência ambiental aos novos alunos da UFPB com o replantio de espécies originárias da Mata Atlântica. Desde o início, foram plantadas mais de 3 mil mudas nos campi da instituição.

Para a reitora Margareth Diniz, ações como essa demonstram o engajamento de todos os segmentos de servidores da instituição. “Sempre pensando em promover o bem, tanto para a comunidade acadêmica quanto para toda sociedade que frequenta e utiliza os serviços que a UFPB disponibiliza.”

Fonte: Portal Brasil, com informações do MEC

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Dicas para evitar problemas com a seca
Aparelho precisa ser higienizado todos os dias para evitar proliferação de fungos
Dicas para a prática de atividade física durante a seca
Para evitar quadro, governo recomenda ingestão de líquidos e prática de atividades antes das 10h e após as 16h
Dicas para cuidar da respiração durante a seca
Ministério da Saúde recomenda o uso de umidificadores de ar, toalhas úmidas e bacias com água para melhorar respiração nessa época
Aparelho precisa ser higienizado todos os dias para evitar proliferação de fungos
Dicas para evitar problemas com a seca
Para evitar quadro, governo recomenda ingestão de líquidos e prática de atividades antes das 10h e após as 16h
Dicas para a prática de atividade física durante a seca
Ministério da Saúde recomenda o uso de umidificadores de ar, toalhas úmidas e bacias com água para melhorar respiração nessa época
Dicas para cuidar da respiração durante a seca

Últimas imagens

Segundo resolução da Anvisa, os rótulos deverão informar a existência de dezessete substâncias
Segundo resolução da Anvisa, os rótulos deverão informar a existência de dezessete substâncias
Divulgação/EBC
Confira também dicas de como preceder no caso de suspeita de infarto
Confira também dicas de como preceder no caso de suspeita de infarto
Infográfico mostra resultado de acordo entre governo federal e indústrias de alimentos para diminuir quantidade de sal em produtos
Infográfico mostra resultado de acordo entre governo federal e indústrias de alimentos para diminuir quantidade de sal em produtos

Governo digital