Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2016 > 02 > Trote Cidadão inclui universitários no combate ao Aedes

Saúde

Trote Cidadão inclui universitários no combate ao Aedes

Universidade Federal da Paraíba

A mobilização de combate ao mosquito começou em 29 de janeiro, com a capacitação de mais de 300 funcionários
por Portal Brasil publicado: 06/02/2016 10h30 última modificação: 12/02/2016 15h30
Dennisson Vasconcelos/UFPB A campanha contra o mosquito já começou em todos os campi da UFPB, com distribuição de panfletos e conscientização de estudantes e funcionários

A campanha contra o mosquito já começou em todos os campi da UFPB, com distribuição de panfletos e conscientização de estudantes e funcionários

Calouros da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) participam de um trote solidário que envolve o combate ao Aedes aegypti nos campi da instituição. Com a ação, eles ajudam no combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. O "Trote Cidadão" conta com apoio das secretarias de saúde municipais.

Além do campus de João Pessoa, os campi de Bananeiras, Areia, Rio Tinto e Mamanguape e a unidade de Mangabeira recebem ações de combate ao mosquito e de conscientização.

“Vendo o problema do zika vírus, achamos importante assumir essa batalha contra o mosquito”, afirmou o vice-coordenador da Comissão de Gestão Ambiental (CGA) da UFPB, professor Ruy Portela.

Mobilização

A mobilização de combate ao mosquito começou em 29 de janeiro, com a capacitação de mais de 300 funcionários, responsáveis pela limpeza do campus I (João Pessoa), e a participação de agentes de saúde da capital paraibana. Os servidores estão aptos a vistoriar instalações, eliminar focos de insetos e realizar ações preventivas. No mesmo dia, foi feita uma varredura no campus, além de outras atividades no decorrer da semana.

O Trote Cidadão é uma extensão do já existente Trote Verde, aplicado na universidade desde 2010, que repassa a consciência ambiental aos novos alunos da UFPB com o replantio de espécies originárias da Mata Atlântica. Desde o início, foram plantadas mais de 3 mil mudas nos campi da instituição.

Para a reitora Margareth Diniz, ações como essa demonstram o engajamento de todos os segmentos de servidores da instituição. “Sempre pensando em promover o bem, tanto para a comunidade acadêmica quanto para toda sociedade que frequenta e utiliza os serviços que a UFPB disponibiliza.”

Fonte: Portal Brasil, com informações do MEC

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Aplicativo registra e acompanha as ações de combate ao Aedes aegypti
Aplicativo para celular permite a identificação das larvas do Aedes aegypti e registra as ações de combate ao mosquito nos prédios públicos. O sistema já registrou cerca de 1.500 focos em 1.481 vistorias
Atenção Básica recebe investimento de R$ 1,7 bilhão
Mais de mil municípios serão beneficiados, garantindo maior assistência à população
Transporte aéreo de órgãos para transplantes aumenta 35% em 2017
No primeiro trimestre de 2017, foram transportados 330 órgãos, 818 tecidos e 606 outros itens para transplantes - um aumento de 35% em relação ao primeiro trimestre do ano passado
Aplicativo para celular permite a identificação das larvas do Aedes aegypti e registra as ações de combate ao mosquito nos prédios públicos. O sistema já registrou cerca de 1.500 focos em 1.481 vistorias
Aplicativo registra e acompanha as ações de combate ao Aedes aegypti
Mais de mil municípios serão beneficiados, garantindo maior assistência à população
Atenção Básica recebe investimento de R$ 1,7 bilhão
No primeiro trimestre de 2017, foram transportados 330 órgãos, 818 tecidos e 606 outros itens para transplantes - um aumento de 35% em relação ao primeiro trimestre do ano passado
Transporte aéreo de órgãos para transplantes aumenta 35% em 2017

Últimas imagens

Organização alertou ainda que o comércio ilegal de tabaco está agravando o tabagismo
Organização alertou ainda que o comércio ilegal de tabaco está agravando o tabagismo
Arquivo/USP Imagens
Os preservativos são distribuídas pelo SUS gratuitamente em todo o País
Os preservativos são distribuídas pelo SUS gratuitamente em todo o País
Divulgação/Ministério da Saúde
O Soliqua é indicado para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2 para melhorar o controle glicêmico
O Soliqua é indicado para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2 para melhorar o controle glicêmico
Antonio Cruz/Agência Brasil
Ferramenta reduz custos, pois dá ao médico acesso ao histórico do paciente e evita exames ou consultas repetidas
Ferramenta reduz custos, pois dá ao médico acesso ao histórico do paciente e evita exames ou consultas repetidas
Foto: rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Em 2017, até o momento, a Santa Casa de Colombo registrou cerca de 9,3 mil procedimentos
Em 2017, até o momento, a Santa Casa de Colombo registrou cerca de 9,3 mil procedimentos
João Senechal/Prefeitura de Colombo (PR)

Governo digital