Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2016 > 03 > Caixa realiza mutirão nas agências contra o Aedes aegypti

Saúde

Caixa realiza mutirão nas agências contra o Aedes aegypti

Prevenção

Miriam Belchior acompanhou a ação de conscientização de crianças e empregados do banco em Brasília
por Portal Brasil publicado: 11/03/2016 17h20 última modificação: 14/03/2016 14h40
Foto: Rodrigo de Oliveira O objetivo da campanha do governo é inspecionar e eliminar possíveis focos do mosquito em todos os prédios públicos do País

O objetivo da campanha do governo é inspecionar e eliminar possíveis focos do mosquito em todos os prédios públicos do País

A Caixa participou, nesta sexta-feira (11), da ação de Mobilização e Combate ao Aedes aegypti promovida pelo governo federal. A presidenta da Caixa, Miriam Belchior, acompanhou o trabalho dos empregados do banco em Brasília. “A gente sabe que 80% dos mosquitos estão nas casas das pessoas e no lugar onde elas trabalham. A Caixa está fazendo seu trabalho assim como todo o governo federal”, disse.

O banco organizou um mutirão de limpeza de 223 agências de cidades escolhidas de acordo com o número de ocorrência de casos de dengue na população. Na capital federal, Miriam Belchior, passou informações sobre o combate ao zika para crianças da Escola Mônica de Fátima, de Valparaíso de Goiás, que participavam do projeto Gente Arteira da Caixa Cultural.

De acordo com a professora Simone de Oliveira, a escola tem atuado na conscientização das crianças sobre o perigo da dengue e de todas as outras doenças que o mosquito tem causado. “Pedimos às crianças para conscientizar os pais porque elas têm o poder de sensibilizar a família. Por meio delas, temos um bom resultado, porque elas sabem do perigo e se tornam fiscais”, afirmou.

O objetivo da campanha do governo federal, que integra o eixo de mobilização do Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia, é inspecionar e eliminar possíveis focos do mosquito em todos os prédios públicos do País.

Em apoio à campanha, a Caixa tem feito, a cada dia, a limpeza minuciosa de 50 agências em todo o Brasil. Além disso, o banco já capacitou 96.712 empregados e vistoriou 3.824 instalações. A previsão é que, até abril, todas as unidades tenham sido inspecionadas, garantindo que não haja acúmulo de água nas unidades do banco.

Conscientização da população

Mensagens de conscientização da campanha contra o zika estão sendo disponibilizadas nos extratos bancários dos clientes, além da inclusão de materiais informativos nas redes sociais, site e no jornal institucional do banco.

No aplicativo do Bolsa Família, também estão disponibilizadas mensagens com orientações sobre como evitar as doenças causadas pelo Aedes aegypti. “Se cada um de nós fizer a sua parte em casa e no lugar onde trabalha, nós vamos vencer essa batalha”, afirmou Miriam Belchior.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Caixa

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Porque gestantes devem tomar a vacina da gripe
A médica Silândia Amaral Freitas explica porque as gestantes não devem deixar de tomar a dose da vacina
Fórum Global Alusivo ao Dia Mundial de Doação de Leite
Governo lança conteúdo em espanhol para profissionais de saúde sobre o amamentação de bebês nascidos com microcefalia
Governo e Cartoon Network convocam crianças a combater o Aedes
Crianças são convocadas, como super-heróis, para combater o mosquito responsável por transmitir dengue, chikungunya e zika
A médica Silândia Amaral Freitas explica porque as gestantes não devem deixar de tomar a dose da vacina
Porque gestantes devem tomar a vacina da gripe
Governo lança conteúdo em espanhol para profissionais de saúde sobre o amamentação de bebês nascidos com microcefalia
Fórum Global Alusivo ao Dia Mundial de Doação de Leite
Crianças são convocadas, como super-heróis, para combater o mosquito responsável por transmitir dengue, chikungunya e zika
Governo e Cartoon Network convocam crianças a combater o Aedes

Últimas imagens

Segundo resolução da Anvisa, os rótulos deverão informar a existência de dezessete substâncias
Segundo resolução da Anvisa, os rótulos deverão informar a existência de dezessete substâncias
Divulgação/EBC
Confira também dicas de como preceder no caso de suspeita de infarto
Confira também dicas de como preceder no caso de suspeita de infarto
Infográfico mostra resultado de acordo entre governo federal e indústrias de alimentos para diminuir quantidade de sal em produtos
Infográfico mostra resultado de acordo entre governo federal e indústrias de alimentos para diminuir quantidade de sal em produtos

Governo digital