Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2017 > 05 > Anvisa proíbe comércio de três medicamentos

Saúde

Anvisa proíbe comércio de três medicamentos

Fiscalização

Devido a irregularidades, produtos serão recolhidos do mercado
por Portal Brasil publicado: 19/05/2017 19h12 última modificação: 22/05/2017 16h46

Três medicamentos irregulares foram alvo de sanções da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), nesta sexta-feira (19).

O medicamento genérico Norfloxacino, usado para tratamento de infecções urinárias, febre tifoide e gastroenterites, não passou nos testes de dissolução da Agência e, por isso, foi interditado por 90 dias. Durante esse período, o produto não pode ser comercializado ou utilizado.

Já o Trisenox (trióxido de arsênio) injetável, utilizado no tratamento de leucemia promielocítica aguda (câncer do sangue e medula óssea), teve dois lotes suspensos definitivamente por estarem contaminados. A empresa que produz o produto vai recolhê-los das prateleiras.

A Anvisa ainda proibiu a fabricação, distribuição, comercialização e uso do Cáscara Sagrada EC por falta de registro na Agência. Dessa forma, a eficácia do produto não poderia ser comprovada. Agora, a empresa As Ervas Curam terá de recolher o estoque.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Anvisa

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

registrado em: , ,

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mutirão já realizou mais de 33 mil cirurgias no país
O Ministério da Saúde está trabalhando para diminuir a espera por cirurgias eletivas, aquelas que não são emergências
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
O Ministério da Saúde está trabalhando para diminuir a espera por cirurgias eletivas, aquelas que não são emergências
Mutirão já realizou mais de 33 mil cirurgias no país
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País

Últimas imagens

Soro
Divulgação/Prefeitura de Campo Verde (MT)
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital