Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2017 > 08 > Acordo entre empresas aumenta oferta de medicamento contra o câncer

Saúde

Acordo entre empresas aumenta oferta de medicamento contra o câncer

Tratamento

Mediada pelo Ministério da Saúde, parceria entre o Instituto Tecnológico do Paraná e Axis Biotec atenderá a 40% da demanda do SUS
por Portal Brasil publicado: 07/08/2017 20h00 última modificação: 07/08/2017 20h00
Carla Cleto/Governo de Alagoas Medicamento é usado no tratamento de câncer de mama, diagnosticado após exame de mamografia

Medicamento é usado no tratamento de câncer de mama, diagnosticado após exame de mamografia

Acordo entre o Instituto Tecnológico do Paraná (Tecpar) e a empresa brasileira Axis Biotec vai atender a 40% da demanda do Sistema Único de Saúde (SUS) para tratamento de câncer. As duas entidades assinaram, nesta segunda-feira (7), a transferência de tecnologia do medicamento biológico Trastuzumabe – usado no tratamento de câncer.

Possível por conta da reorganização das Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDP), feita pelo Ministério da Saúde, o acordo representa mais de 100 mil doses por ano distribuídas aos pacientes. O medicamento é um dos sete que passaram por reorganização em suas parcerias, distribuídos entre os laboratórios públicos com maior expertise.

Na visão do ministro da Saúde, Ricardo Barros, a parceria possibilita a transferência de conhecimento para o Brasil. Além do Tecpar, também fazem parte do PDP os laboratórios Butantan e Biomanguinhos/Fiocruz. “Vamos continuar avançando com essa política de atrair conhecimento para o Brasil”, disse Barros.

Com a transferência de tecnologia, a expectativa é de que haja um investimento privado de R$ 6,4 bilhões, além da construção de três novas fábricas e geração de mais de 7,4 mil vagas de empregos qualificados. Além disso, será possível economizar recursos públicos: a pasta planeja uma economia total de R$ 5,3 bilhões ao ano no final de todas as parcerias vigentes.

Na quinta-feira (3), o Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União a ampliação de indicação do Trastuzumabe aos pacientes com câncer metastático de mama, em primeira linha de tratamento. Atualmente são atendidos com o medicamento, no sistema público, 3.935 pacientes. O diagnóstico inicial é feito pelo exame de mamografia.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)
Estudantes serão envolvidos em atividades como prevenção à obesidade e combate ao Aedes aegypti
Estudantes serão envolvidos em atividades como prevenção à obesidade e combate ao Aedes aegypti
Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Governo digital