Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2017 > 08 > Compra de remédios com buprenorfina em adesivo é facilitada

Saúde

Compra de remédios com buprenorfina em adesivo é facilitada

FIscalização

Anvisa deixou de exigir receita amarela, fornecida por autoridades sanitárias
por Portal Brasil publicado: 17/08/2017 21h03 última modificação: 18/08/2017 00h07
Arquivo/Agência Brasil 
Pacientes precisam apresentar apenas receita especial em duas vias

Pacientes precisam apresentar apenas receita especial em duas vias

O modelo de receitas exigidas para compra de medicamentos com buprenorfina em adesivo foi flexibilizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Em 30 dias, a exigência da receita amarela, emitida por autoridades sanitárias, não será mais necessária.

Agora, para comprar medicamentos com a substância, os pacientes terão de mostrar a receita de controle especial em duas vias. A decisão foi tomada após testes de segurança com o produto.

As vendas de medicamentos contendo buprenorfina continuarão a ser registradas no sistema eletrônico de controle de medicamentos da Anvisa, Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC), o que permitirá o acompanhamento dessa nova medida.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Anvisa

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Ministério da Saúde vai destinar R$ 520 milhões para a compra de ambulâncias
O Ministério da Saúde liberou R$ 520 milhões para a compra de 6,5 mil ambulâncias que vão ser distribuídas para municípios de todo o País. Iniciativa vai reduzir a burocracia e facilitar o acesso dos municípios aos veículos
Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplantes cardíacos em adultos e crianças
É o único hospital público a realizar transplantes cardíacos em adultos e crianças no estado do Rio de Janeiro
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
O Ministério da Saúde liberou R$ 520 milhões para  a compra de 6,5 mil ambulâncias que vão ser distribuídas para   municípios de todo o País. Iniciativa vai reduzir a burocracia e facilitar o acesso dos municípios aos veículos
Ministério da Saúde vai destinar R$ 520 milhões para a compra de ambulâncias
É o único hospital público a realizar transplantes cardíacos em adultos e crianças no estado do Rio de Janeiro
Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplantes cardíacos em adultos e crianças

Últimas imagens

Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital