Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2017 > 09 > Campanha nacional vai atualizar vacinação de 47 milhões de crianças e adolescentes

Saúde

Campanha nacional vai atualizar vacinação de 47 milhões de crianças e adolescentes

Imunização

Mobilização vai até o dia 22 de setembro. No sábado (16), postos de saúde de todo o País estarão abertos para realizar imunizações
por Portal Brasil publicado: 13/09/2017 15h42 última modificação: 16/10/2017 09h27
Arquivo/ Agência Brasil Ministério da Saúde distribuiu 14,8 milhões de doses extras de 15 vacinas

Ministério da Saúde distribuiu 14,8 milhões de doses extras de 15 vacinas

A Campanha de Multivacinação do Ministério da Saúde foi lançada na última quarta-feira (13), e vai até 22 de setembro. Neste ano, serão convocados mais de 47 milhões de crianças menores de cinco anos, crianças de nove anos e adolescentes de 10 a 15 anos incompletos para atualizarem o calendário de vacinação em todo País.

O ministério enviou 143,9 milhões de doses de vacina de rotina e ainda distribuiu 14,8 milhões de doses extras de 15 vacinas para a campanha. Durante a mobilização, treze tipos de vacinas para crianças e oito para adolescentes estarão à disposição.

Trinta e seis mil postos fixos de vacinação serão envolvidos na campanha, além de 350 mil profissionais de saúde. Este sábado (16) será o dia D da vacinação, quando postos de saúde em todo o País estarão de portas abertas para imunizar o público.

Acesso

Busca-se reforçar o acesso às vacinas, alertando estados e municípios da importância de manter elevadas as coberturas, evitando o reaparecimento de doenças já controladas ou mesmo eliminadas do Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, mais da metade (53%) do público convocado já deveria estar com o calendário de vacinação completo.

Dados sobre vacinação recomendada para crianças ao nascer ou menores de um ano, de acordo com o Programa Nacional de Imunizações (PNI), apontam que 760 mil crianças ainda não foram vacinadas com BCG, 950 mil com a hepatite B, e 470 mil crianças ainda não foram vacinadas com pneumocócica e rotavírus.

Nas vacinas para adolescentes a situação mostra-se mais crítica. Na meningocócica C, por exemplo, são 5,9 milhões de adolescentes de ambos os sexos na faixa de 12 e 13 que anos ainda não se vacinaram. O mesmo ocorre na vacina de HPV. Cerca de 73,6% das meninas de 9 a 15 anos receberam a primeira dose e apenas 47% foram imunizadas com duas doses. Já entre os meninos, 23,6% de adolescentes foram vacinados aos 12 e 13 anos. Outra vacina para adolescentes com baixas coberturas é para a hepatite B. Em 2016, não foram vacinados 1,3 milhão de jovens.

A multivacinação também é uma oportunidade para que municípios que ainda tenham vacina contra influenza continuem a vacinar o público-alvo da campanha (menores de 15 anos).

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil