Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2017 > 11 > SUS incorpora novos medicamentos à lista de ofertas da rede pública

Saúde

SUS incorpora novos medicamentos à lista de ofertas da rede pública

Medicamento

No total, 17 novos remédios foram disponibilizados para a população brasileira de forma gratuita em 2017
publicado: 09/11/2017 11h31 última modificação: 26/12/2017 15h27

Arquivo/ Blog Saúde

Sus incorpora novos medicamentos

O Governo do Brasil incorporou para oferta gratuita do Sistema Único de Saúde (SUS) 17 novos medicamentos em 2017. A medida vai melhorar a qualidade de vida de pacientes que estão em tratamento de doenças graves e não conseguem acesso a remédios mais modernos e eficazes.

Entre os destaques está a inclusão do Trastuzumabe aos pacientes com câncer metastático de mama, em primeira linha de tratamento. Atualmente, o sistema público oferece o tratamento a 3.935 pacientes. Foram incluídos, ainda, medicamentos para o tratamento de pacientes com esclerose múltipla (Fumarato de dimetila, Fingolimode e Teriflunomida), pessoas vivendo com HIV/Aids (Raltegravir e Etravirina) e remédios para populações sob maior risco de adquirir o vírus da imunodeficiência humana (Tenofovir e Entricitabina).

Neste ano, Ministério da Saúde anunciou a compra de um moderno medicamento para diabetes tipo 1. A partir do ano que vem, a insulina análoga será distribuída à crianças atendidas pelo SUS. O remédio controla os níveis de glicemia no sangue.

Pacientes com doença de Parkinson e doença de Crohn também foram beneficiados com as novas inclusões.

Incorporação

Hoje são 869 medicamentos na Relação Nacional de Medicamentos Essenciais – Rename, em que constam os medicamentos voltados ao atendimento de necessidades prioritárias do SUS.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil