Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2018 > 01 > Cinco estados terão 45 unidades básicas de saúde fluviais

Saúde

Cinco estados terão 45 unidades básicas de saúde fluviais

Amazônia Legal

Embarcações com equipes de saúde e equipamentos necessários atendem a população ribeirinha da Amazônia Legal
publicado: 03/01/2018 18h36 última modificação: 03/01/2018 18h39

O Ministério da Saúde irá investir R$ 85 milhões na construção de 45 Unidades Básicas de Saúde Fluviais para melhorar a assistência à população ribeirinha. A verba é destinada a cinco estados: Acre (3), Amazonas (21), Amapá (1), Pará (19) e Tocantins (1). Cada UBS custa cerca de R$ 1,88 milhão.

As Unidades Básicas de Saúde Fluviais são embarcações que comportam Equipes de Saúde da Família Fluviais (ESFF), providas com todos os equipamentos necessários para atender a população ribeirinha da Amazônia Legal (Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte do Maranhão) e Pantanal Sul Mato-Grossense.

Para atender as comunidades distantes da Unidade Básica de Saúde de referência, as equipes de saúde se deslocam nas embarcações, o que assegura a execução das ações de atenção básica. Cada uma possui, pelo menos, um médico, um enfermeiro, um técnico de saúde bucal e um bioquímico ou técnico de laboratório.

Fonte: Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil