Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2018 > 01 > Ministério da Saúde executa 95% do orçamento previsto para 2017

Saúde

Ministério da Saúde executa 95% do orçamento previsto para 2017

Transparência

Resultado indica aplicação eficiente dos recursos da pasta que se refletiram em mais serviços na Atenção Básica para a população
publicado: 04/01/2018 16h42 última modificação: 04/01/2018 16h42

Para ampliar a oferta de serviços ao longo dos últimos dois anos, o Ministério da Saúde cortou desperdícios e ajustou as contas da pasta. Assim, os brasileiros passaram a contar com atendimentos mais eficientes e de melhor qualidade.

O balanço da pasta aponta que, com a expansão da execução do orçamento, os investimentos no setor cresceram 95%. Esse montante se traduz em R$ 114,8 bilhões que foram aplicados nas ações de saúde pública dos R$ 117,8 bilhões que estavam previstos.

Desde 2016, o ministério economizou mais de R$ 4,5 bilhões. Os recursos foram reaplicados na compra de ambulâncias; equipamentos dentários; ampliação de cirurgias; exames de pré-natal; e expansão de equipes na Atenção Básica.

Os R$ 6,6 bilhões liberados para atender à demanda de projetos e emendas foram aplicados na compra de equipamentos, construção de 260 Unidades Básicas de Saúde e reforma de outras 631 unidades. A Rede Cegonha também foi ampliada e mais nove Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) foram construídas.

Outra via de captação de recursos foram as emendas parlamentares. A aprovação na Câmara dos Deputados das propostas para melhorar o setor no País assegurou R$ 5 bilhões para serviços de saúde.

Além disso, o novo modelo de execução orçamentária do SUS torna a liquidação dos recursos mais impositiva. A previsão do orçamento para este ano tem o valor recorde de R$ 131,1 bilhões.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil