Você está aqui: Página Inicial > Turismo > 2010 > 08 > Agentes de turismo estão em São Luiz em busca de novos produtos turísticos

Geral

Agentes de turismo estão em São Luiz em busca de novos produtos turísticos

por Portal Brasil publicado: 06/08/2010 19h04 última modificação: 28/07/2014 11h56
Divulgação/Prefeitura de São Luís Centro Histórico de São Luís, um dos cartões postais da cidade, recebe a visita de agentes de turismo neste sábado

Centro Histórico de São Luís, um dos cartões postais da cidade, recebe a visita de agentes de turismo neste sábado

Dez agentes de viagem e dois operadores de turismo viajam neste sábado (7) para as cidades de São Luís e Barreirinhas, no Maranhão, para identificar os principais pontos turísticos e as manifestações culturais do estado.

A visita é uma das etapas do projeto Caravana Brasil Nacional, que leva profissionais do turismo - das cinco regiões do País - para conhecer destinos novos ou já comercializados.  Uma das metas do projeto é incentivar, nesses locais, a comercialização de novos produtos turísticos no mercado nacional ou , se possível, consolidar os já conhecidos.


Durante a caravana, que tem atividades agendadas até a quarta-feira (11), os participantes visitarão o centro histórico de São Luís (MA), cidade tombada pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade, em 1997. A Cidade Alta – administrativa, militar e religiosa – e a Cidade Baixa – marinheira e comercial – trazem traços da tradição lusitana nas fachadas cobertas por azulejos.

Na capital do estado, os profissionais também acompanham manifestações culturais e os principais pratos típicos locais. Já em Barreirinhas (MA), portão de entrada para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, a atração será o passeio de jipe até Lagoa Bonita e Lagoa Azul e de barco pelo Rio Preguiças.

Entre 2008 e 2009, o projeto realizou 12 viagens técnicas com agentes de viagens e operadores de turismo e sete viagens, exclusivamente, com operadores de turismo. Outras duas caravanas contaram com agentes de viagens para promoção de eventos nacionais.O projeto foi criado pelo Ministério do Turismo (MTur), e é desenvolvido pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa).

Fonte:
Ministério do Turismo

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Artistas poderão trabalhar no Ministério do Turismo
Órgão patrocina um cachê, de no máximo R$ 200 mil, para eventos indutores de turismo.
Blumenau é a Capital Nacional da Cerveja
Presidente Michel Temer sancionou, nesta quinta-feira (9), uma lei que dá título à cidade. Blumenau é palco da Oktoberfest
Aumenta a intenção dos turistas brasileiros em viajar de ônibus
Segundo dados do Ministério do Turismo, aumentou em quase 7% a intenção dos brasileiros de viajar em ônibus
Órgão patrocina um cachê, de no máximo R$ 200 mil, para eventos indutores de turismo.
Artistas poderão trabalhar no Ministério do Turismo
Presidente Michel Temer sancionou, nesta quinta-feira (9), uma lei que dá título à cidade. Blumenau é palco da Oktoberfest
Blumenau é a Capital Nacional da Cerveja
Segundo dados do Ministério do Turismo, aumentou em quase 7% a intenção dos brasileiros de viajar em ônibus
Aumenta a intenção dos turistas brasileiros em viajar de ônibus

Últimas imagens

Na última temporada, 37 embarcações passaram pela costa brasileira
Na última temporada, 37 embarcações passaram pela costa brasileira
Divulgação/Porto do Recife
Recife (PE) é uma das três cidades que irão receber as novas rotas
Recife (PE) é uma das três cidades que irão receber as novas rotas
Divulgação/Infraero
Praça dos Girassóis abriga monumentos que contam a história de Palmas, como o palácio Araguaia
Praça dos Girassóis abriga monumentos que contam a história de Palmas, como o palácio Araguaia
Foto: Marcio Vieira/Governo do Tocantins
OMT produziu um relatório com pontos fundamentais para a escolha do destino pelo público LGBT
OMT produziu um relatório com pontos fundamentais para a escolha do destino pelo público LGBT
Divulgação/Prefeitura do Rio de Janeiro

Governo digital