Você está aqui: Página Inicial > Turismo > 2010 > 08 > Turistas não precisam declarar bens de uso pessoal

Geral

Turistas não precisam declarar bens de uso pessoal

por Portal Brasil publicado: 03/08/2010 10h26 última modificação: 28/07/2014 11h56
Foto: Romero Mendonça/Procon Espírito Santo Com as novas regras, o viajante poderá trazer bens novos ou usados

Com as novas regras, o viajante poderá trazer bens novos ou usados

O turista brasileiro já pode trazer do exterior bens considerados de uso pessoal sem pagar impostos. O Diário Oficial da União publicou, na segunda-feira (2), a Portaria 440, publicada pelo ministério da Fazenda, que traz essa medida. O documento também acaba com a necessidade de declaração para a saída temporária de bens já importados.


Com as novas regras, o viajante poderá trazer bens novos ou usados, para consumo pessoal ou para dar como presente, de forma que “pela sua quantidade, natureza ou variedade, não permitam presumir importação ou exportação com fins comerciais ou industriais”.


Estão permitidos bens de uso ou consumo pessoal, como roupas e higiene, por exemplo. Máquinas fotográficas e telefones celulares também fazem parte da permissão, mas foram excluídas filmadoras e computadores pessoais.


A medida define, ainda, que o viajante pode trazer, no máximo, 12 litros de bebidas alcoólicas, dez maços de cigarros com 20 unidades cada um, 25 unidades de charutos ou cigarrilhas e 250 gramas de fumo. A Receita Federal liberou de impostos a compra de até 20 unidades de pequenos presentes que custem menos de US$ 10, mas desde que não haja mais de dez peças idênticas.

Fonte:
Agência Brasil

 

Saiba mais sobre impostos no Portal Brasil.

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Atividades turísticas tiveram crescimento em junho, aponta pesquisa
De acordo com levantamento divulgado pelo IBGE, as atividades turísticas tiveram um crescimento de 5,3% no mês de junho.
IBGE divulga pesquisa sobre o setor hoteleiro no Brasil
Levantamento investigou hotéis, pousadas, motéis, apart-hoteis e albergues existentes no País
Turistas revelam aquilo que mais gostaram ao ir à Amazônia
Viaje você também pelos nove estados da Amazônia Legal
De acordo com levantamento divulgado pelo IBGE, as atividades turísticas tiveram um crescimento de 5,3% no mês de junho.
Atividades turísticas tiveram crescimento em junho, aponta pesquisa
Levantamento investigou hotéis, pousadas, motéis, apart-hoteis e albergues existentes no País
IBGE divulga pesquisa sobre o setor hoteleiro no Brasil
Viaje você também pelos nove estados da Amazônia Legal
Turistas revelam aquilo que mais gostaram ao ir à Amazônia

Últimas imagens

Objetivo é aproveitar o período de preparação para a Copa do Mundo para lançar o Brasil em agências de viagem
Objetivo é aproveitar o período de preparação para a Copa do Mundo para lançar o Brasil em agências de viagem
Divulgação/Sec. de Turismo de Belo Horizonte
Estabelecimentos regulares correspondem a apenas 26% do total em funcionamento
Estabelecimentos regulares correspondem a apenas 26% do total em funcionamento
Foto: Gustavo Messina/Ministério do Turismo
Espetáculo é de origem religiosa, quando os jesuítas introduziram a música e a dança na catequese dos índios
Espetáculo é de origem religiosa, quando os jesuítas introduziram a música e a dança na catequese dos índios
Arquivo/Iphan
Entre março e junho também houve crescimento em todos os meses no número de desembarques domésticos
Entre março e junho também houve crescimento em todos os meses no número de desembarques domésticos
Arquivo/EBC
Registro é obrigatório para os prestadores que exerçam as atividades de meios de hospedagem
Registro é obrigatório para os prestadores que exerçam as atividades de meios de hospedagem
Divulgação/Ministério do Turismo

Governo digital