Você está aqui: Página Inicial > Turismo > 2014 > 01 > Imóveis de aluguel são alternativas para a Copa

Turismo

Imóveis de aluguel são alternativas para a Copa

Hospedagem

Rio de Janeiro e cidades do Nordeste têm a maior oferta entre as cidades-sede
por Portal Brasil publicado: 16/01/2014 12h28 última modificação: 30/07/2014 03h30

As doze cidades-sede da Copa do Mundo oferecem mais de 4,2 mil imóveis para aluguel. A capacidade total de hóspedes, segundo levantamento do Ministério do Turismo, é de 22,4 mil, que podem ser úteis para aumentar a oferta de acomodações para turistas no período do mundial de futebol.

Os dados constam no levantamento sobre hospedagem alternativa realizado pelo MTur, que identificou a maior oferta na cidade do Rio de Janeiro. Primeiro destino de lazer do País, a capital fluminense tem 2,7 mil imóveis de aluguel com capacidade para atender cerca de 15 mil pessoas. O Maracanã, estádio ícone do futebol nacional, sediará sete jogos da Copa do Mundo.

Depois do Rio, a maior oferta de imóveis de aluguel aparece em três cidades-sede do Nordeste: Salvador (BA), com 507 unidades; Fortaleza (CE), com 365; e Natal (RN), com 216. Juntos, estes apartamentos e casas têm condições de abrigar 5,5 mil indivíduos. Recife (PE) está na sexta posição, com 130 imóveis e capacidade para 624 hóspedes, como mostra a tabela abaixo.

Maior destino de negócios do País, a cidade de São Paulo oferece 141 imóveis em condições de atender 512 pessoas. As demais cidades-sede (Brasília, Belo Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Manaus e Porto Alegre) possuem, juntas, 188 imóveis disponíveis para aluguel.

Fonte:
Ministério do Turismo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Turismo brasileiro em recuperação
Em outubro, gastos de estrangeiros no Pais subiram 6¢. No Rio de Janeiro, quem trabalha no setor já comemora os resultados
Brasil desperta cada vez mais o interesse no turismo ecológico
Para a Embratur, é preciso aproveitar esse potencial do País para atrair mais visitantes e favorecer a economia brasileira
Ministério do Turismo inicia fiscalização do Cadastur
Fiscalizações ocorrem em todo o País para saber se profissionais e empresas aderiram ao cadastro nacional do setor
Em outubro, gastos de estrangeiros no Pais subiram 6¢. No Rio de Janeiro, quem trabalha no setor já comemora os resultados
Turismo brasileiro em recuperação
Para a Embratur, é preciso aproveitar esse potencial do País para atrair mais visitantes e favorecer a economia brasileira
Brasil desperta cada vez mais o interesse no turismo ecológico
Fiscalizações ocorrem em todo o País para saber se profissionais e empresas aderiram ao cadastro nacional do setor
Ministério do Turismo inicia fiscalização do Cadastur

Últimas imagens

Ministério da Indústria está realizando consulta para verificar se não há empresas nacionais que produzam os equipamentos
Ministério da Indústria está realizando consulta para verificar se não há empresas nacionais que produzam os equipamentos
Nilo Biazzetto Neto/Ministério do Turismo
Série de procissões em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré começam nesta sexta-feira (6)
Série de procissões em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré começam nesta sexta-feira (6)
Foto: Sidney Oliveira/Governo do Pará
Pesquisas revelam também que 6 entre 10 turistas têm intenção de conhecer a cidade
Pesquisas revelam também que 6 entre 10 turistas têm intenção de conhecer a cidade
Foto: Isabella Atayde/Iphan
Objetivo é aproveitar o período de preparação para a Copa do Mundo para lançar o Brasil em agências de viagem
Objetivo é aproveitar o período de preparação para a Copa do Mundo para lançar o Brasil em agências de viagem
Divulgação/Sec. de Turismo de Belo Horizonte

Governo digital