Você está aqui: Página Inicial > Turismo > 2014 > 06 > Segmento turístico fatura 7,1% a mais no primeiro trimestre

Turismo

Segmento turístico fatura 7,1% a mais no primeiro trimestre

Crescimento

Entre as empresas que apresentaram o melhor desempenho estão as do segmento de turismo receptivo, agências de viagem, parques e atrações turísticas
por Portal Brasil publicado: 24/06/2014 17h19 última modificação: 30/07/2014 03h26

O faturamento médio das empresas de turismo começou o ano da Copa do Mundo com bons resultados: cresceu 7,1% de janeiro a março, em relação ao mesmo período do ano passado, e novos investimentos no segundo trimestre já foram sinalizados para o segundo trimestre, de acordo com estudo divulgado pelo Ministério do Turismo. Esses números criam perspectivas otimistas dos empresários para o fechamento do primeiro semestre do ano. 

Entre os sete setores pesquisados, os que apresentaram os melhores resultados no período foram os de turismo receptivo, com crescimento médio de 14,7% e das agências de viagens e parques e atrações turísticas, ambos com 9,6%. Os meios de hospedagem elevaram o faturamento em 8,9%; os operadores de turismo, em 7,1; e o transporte aéreo, em 5,5%. Somente os organizadores de eventos apresentaram queda de receita.

Os empresários, que faturaram R$ 8,5 bilhões no primeiro trimestre do ano, apontaram como fatores favoráveis os investimentos realizados pelas empresas e a maior divulgação dos roteiros e atrações turísticas do país. Na comparação com o último trimestre de 2013 (out/dez) cinco dos sete segmentos pesquisados confirmaram a expansão no faturamento.

“A pesquisa reflete antecipadamente os impactos da Copa do Mundo na economia do país e reforça nossa confiança de que o Mundial aqui é um grande negócio para o turismo brasileiro, no presente e para o futuro”, afirma o ministro do Turismo, Vinicius Lages. A Copa das Confederações gerou movimentação financeira de R$ 20,7 bilhões e contribuição de R$ 9,7 bilhões para o PIB.

Expectativas

Das 672 empresas consultadas, 57% manifestaram intenção de investir, no período de abril a junho deste ano, o correspondente a 16% do total do faturamento apurado no primeiro trimestre. As indicações positivas de investimentos são dos segmentos de turismo receptivo, parques e atrações turísticas, operadoras de turismo e meios de hospedagem.

Os maiores percentuais de investimentos foram programados pelos meios de hospedagem, 21,8%; e de turismo receptivo, 17,3%. Os recursos serão aplicados principalmente na melhoria da infraestrutura das instalações, nas aquisições de novos materiais e equipamentos, em tecnologia da informação e no treinamento de funcionários.

O Boletim de Desempenho Econômico do Turismo é realizado trimestralmente pela Fundação Getúlio Vargas, com coordenação do Ministério do Turismo.  Foram pesquisadas 672 empresas que faturaram R$ 8,5 bilhões de janeiro a março e empregaram 75.496 trabalhadores.

Fonte:
Ministério do Turismo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Festas juninas entram no calendário turístico do Brasil
Ministério do Turismo pretende transformar as festas de São João em produto de destaque para atrair visitantes estrangeiros
Artistas poderão trabalhar no Ministério do Turismo
Órgão patrocina um cachê, de no máximo R$ 200 mil, para eventos indutores de turismo.
Blumenau é a Capital Nacional da Cerveja
Presidente Michel Temer sancionou, nesta quinta-feira (9), uma lei que dá título à cidade. Blumenau é palco da Oktoberfest
Ministério do Turismo pretende transformar as festas de São João em produto de destaque para atrair visitantes estrangeiros
Festas juninas entram no calendário turístico do Brasil
Órgão patrocina um cachê, de no máximo R$ 200 mil, para eventos indutores de turismo.
Artistas poderão trabalhar no Ministério do Turismo
Presidente Michel Temer sancionou, nesta quinta-feira (9), uma lei que dá título à cidade. Blumenau é palco da Oktoberfest
Blumenau é a Capital Nacional da Cerveja

Últimas imagens

Regiões mais procuradas pelos brasileiros deverão ser Nordeste e Sudeste
Regiões mais procuradas pelos brasileiros deverão ser Nordeste e Sudeste
Arquivo/Embratur
Período junino é oportunidade de conhecer a cidade, cujo centro histórico é Patrimônio Cultural da Humanidade
Período junino é oportunidade de conhecer a cidade, cujo centro histórico é Patrimônio Cultural da Humanidade
Divulgação/Embratur
Festival das Estrelas celebra cultura japonesa no tradicional bairro da Liberdade, em São Paulo
Festival das Estrelas celebra cultura japonesa no tradicional bairro da Liberdade, em São Paulo
Arquivo/EBC
Festa teve sua primeira edição em 1983 e reúne, anualmente, turistas de diversas partes do Brasil
Festa teve sua primeira edição em 1983 e reúne, anualmente, turistas de diversas partes do Brasil
Foto: Rodolfo Vilela
Em 2016, Brasil foi o país da América do Sul que mais sediou eventos, 244
Em 2016, Brasil foi o país da América do Sul que mais sediou eventos, 244
Robert Castro/Ministério do Turismo

Governo digital