Você está aqui: Página Inicial > Turismo > 2014 > 06 > Segmento turístico fatura 7,1% a mais no primeiro trimestre

Turismo

Segmento turístico fatura 7,1% a mais no primeiro trimestre

Crescimento

Entre as empresas que apresentaram o melhor desempenho estão as do segmento de turismo receptivo, agências de viagem, parques e atrações turísticas
por Portal Brasil publicado: 24/06/2014 17h19 última modificação: 30/07/2014 03h26

O faturamento médio das empresas de turismo começou o ano da Copa do Mundo com bons resultados: cresceu 7,1% de janeiro a março, em relação ao mesmo período do ano passado, e novos investimentos no segundo trimestre já foram sinalizados para o segundo trimestre, de acordo com estudo divulgado pelo Ministério do Turismo. Esses números criam perspectivas otimistas dos empresários para o fechamento do primeiro semestre do ano. 

Entre os sete setores pesquisados, os que apresentaram os melhores resultados no período foram os de turismo receptivo, com crescimento médio de 14,7% e das agências de viagens e parques e atrações turísticas, ambos com 9,6%. Os meios de hospedagem elevaram o faturamento em 8,9%; os operadores de turismo, em 7,1; e o transporte aéreo, em 5,5%. Somente os organizadores de eventos apresentaram queda de receita.

Os empresários, que faturaram R$ 8,5 bilhões no primeiro trimestre do ano, apontaram como fatores favoráveis os investimentos realizados pelas empresas e a maior divulgação dos roteiros e atrações turísticas do país. Na comparação com o último trimestre de 2013 (out/dez) cinco dos sete segmentos pesquisados confirmaram a expansão no faturamento.

“A pesquisa reflete antecipadamente os impactos da Copa do Mundo na economia do país e reforça nossa confiança de que o Mundial aqui é um grande negócio para o turismo brasileiro, no presente e para o futuro”, afirma o ministro do Turismo, Vinicius Lages. A Copa das Confederações gerou movimentação financeira de R$ 20,7 bilhões e contribuição de R$ 9,7 bilhões para o PIB.

Expectativas

Das 672 empresas consultadas, 57% manifestaram intenção de investir, no período de abril a junho deste ano, o correspondente a 16% do total do faturamento apurado no primeiro trimestre. As indicações positivas de investimentos são dos segmentos de turismo receptivo, parques e atrações turísticas, operadoras de turismo e meios de hospedagem.

Os maiores percentuais de investimentos foram programados pelos meios de hospedagem, 21,8%; e de turismo receptivo, 17,3%. Os recursos serão aplicados principalmente na melhoria da infraestrutura das instalações, nas aquisições de novos materiais e equipamentos, em tecnologia da informação e no treinamento de funcionários.

O Boletim de Desempenho Econômico do Turismo é realizado trimestralmente pela Fundação Getúlio Vargas, com coordenação do Ministério do Turismo.  Foram pesquisadas 672 empresas que faturaram R$ 8,5 bilhões de janeiro a março e empregaram 75.496 trabalhadores.

Fonte:
Ministério do Turismo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Atividades turísticas tiveram crescimento em junho, aponta pesquisa
De acordo com levantamento divulgado pelo IBGE, as atividades turísticas tiveram um crescimento de 5,3% no mês de junho.
IBGE divulga pesquisa sobre o setor hoteleiro no Brasil
Levantamento investigou hotéis, pousadas, motéis, apart-hoteis e albergues existentes no País
Turistas revelam aquilo que mais gostaram ao ir à Amazônia
Viaje você também pelos nove estados da Amazônia Legal
De acordo com levantamento divulgado pelo IBGE, as atividades turísticas tiveram um crescimento de 5,3% no mês de junho.
Atividades turísticas tiveram crescimento em junho, aponta pesquisa
Levantamento investigou hotéis, pousadas, motéis, apart-hoteis e albergues existentes no País
IBGE divulga pesquisa sobre o setor hoteleiro no Brasil
Viaje você também pelos nove estados da Amazônia Legal
Turistas revelam aquilo que mais gostaram ao ir à Amazônia

Últimas imagens

Objetivo é aproveitar o período de preparação para a Copa do Mundo para lançar o Brasil em agências de viagem
Objetivo é aproveitar o período de preparação para a Copa do Mundo para lançar o Brasil em agências de viagem
Divulgação/Sec. de Turismo de Belo Horizonte
Estabelecimentos regulares correspondem a apenas 26% do total em funcionamento
Estabelecimentos regulares correspondem a apenas 26% do total em funcionamento
Foto: Gustavo Messina/Ministério do Turismo
Espetáculo é de origem religiosa, quando os jesuítas introduziram a música e a dança na catequese dos índios
Espetáculo é de origem religiosa, quando os jesuítas introduziram a música e a dança na catequese dos índios
Arquivo/Iphan
Entre março e junho também houve crescimento em todos os meses no número de desembarques domésticos
Entre março e junho também houve crescimento em todos os meses no número de desembarques domésticos
Arquivo/EBC
Registro é obrigatório para os prestadores que exerçam as atividades de meios de hospedagem
Registro é obrigatório para os prestadores que exerçam as atividades de meios de hospedagem
Divulgação/Ministério do Turismo

Governo digital