Você está aqui: Página Inicial > Turismo > 2014 > 07 > Hospedagem alternativa atraiu 23,8% dos estrangeiros

Turismo

Hospedagem alternativa atraiu 23,8% dos estrangeiros

Copa do Mundo

Adesão se explica pelo valor acessível das diárias e pela tentativa dos visitantes de se aproximar da cultura local
por Portal Brasil publicado: 29/07/2014 18h16 última modificação: 29/07/2014 18h16
Marcelo Horn/Governo do Rio de Janeiro Hostel Favela Inn, no morro do Chapéu-Mangueira, no Rio de Janeiro, é uma das opções de hospedagem alternativa

Hostel Favela Inn, no morro do Chapéu-Mangueira, no Rio de Janeiro, é uma das opções de hospedagem alternativa

As hospedagens alternativas foram bastante requisitadas pelos viajantes estrangeiros que estiveram no Brasil durante a Copa do Mundo. Segundo a Pesquisa de Serviço de Hospedagem, do IBGE, e dados levantados pelo Ministério do Turismo, albergues, imóveis alugados e camping serviram de base para 23,8% dos turistas internacionais que estiveram no País.

Três razões explicam a grande procura dos estrangeiros pelos meios alternativos: a tentativa de se aproximar da cultura local; o valor, em geral, mais acessível; e a oferta dessa modalidade nas cidades-sede da Copa.

Foram 3.491 leitos em pensões, como o cama e café; 3.804 albergues; 22.478 leitos em imóveis para aluguel; e 29.940 em motéis. Se considerada a oferta de municípios vizinhos, somariam mais 59.713 às sedes do evento.

“Nosso papel é o de estimular o mercado a oferecer hospedagens adequadas aos diversos perfis de turistas”, disse o ministro do Turismo, Vinicius Lages. “É uma forma de diversificar a oferta e atender aos anseios de todos os tipos de viajantes”, disse. 

As 12 cidades-sede abrigam quase a metade dos albergues credenciados à maior rede de albergues do País, a Hostelling International, oferecendo 2.235 leitos. A média de ocupação durante o mundial foi alta: aproximadamente 90%. Em Brasília, o Hostel 7 teve ocupação máxima em dias de jogo. “Foi surpreendente. Tivemos casa lotada e até fila de espera na capital. A filial de Goiânia também sentiu a movimentação da Copa e fechou finais de semana com 100% de lotação”, disse o sócio Eldon Clayton.

A preferência geral dos estrangeiros durante o Mundial, no entanto, ainda foi por hotéis, flats e pousadas: mais da metade deles (53,9%) optou por acomodações tradicionais. Entretanto, a tendência de crescimento dos meios alternativos cresce a cada ano: dos cerca de 5,67 milhões de estrangeiros que estiveram no País em 2012, quase a metade (44,2%) optou por meios alternativos durante sua estada. Os albergues e camping (4,9%) abrigaram 278,1 mil estrangeiros, as casas alugadas (11,9%) outros 675,4 mil e as casas de amigos e parentes (27,9%) mais 1,58 milhões de visitantes.

Fonte:
Ministério do Turismo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

IBGE divulga pesquisa sobre o setor hoteleiro no Brasil
Levantamento investigou hotéis, pousadas, motéis, apart-hoteis e albergues existentes no País
Turistas revelam aquilo que mais gostaram ao ir à Amazônia
Viaje você também pelos nove estados da Amazônia Legal
Amazônia - do folclore à música clássica
Turistas podem descobrir e se deliciar com uma Amazônia pouco conhecida
Levantamento investigou hotéis, pousadas, motéis, apart-hoteis e albergues existentes no País
IBGE divulga pesquisa sobre o setor hoteleiro no Brasil
Viaje você também pelos nove estados da Amazônia Legal
Turistas revelam aquilo que mais gostaram ao ir à Amazônia
Turistas podem descobrir e se deliciar com uma Amazônia pouco conhecida
Amazônia - do folclore à música clássica

Últimas imagens

Cidade sedia evento desde 1973. Desde então, as ruas de Gramado recebem encontros e debates
Cidade sedia evento desde 1973. Desde então, as ruas de Gramado recebem encontros e debates
Foto: Alina Souza/Gov. do Rio Grande do Sul
Cresce o número de viajantes que pretendem usar o carro no próximo deslocamento
Cresce o número de viajantes que pretendem usar o carro no próximo deslocamento
Arquivo/ EBC
O Ibitijazz, no Parque Estadual de Ibitipoca, mistura cultura e turismo ecológico e atrai milhares de visitantes para um cenário de natureza e aventura
O Ibitijazz, no Parque Estadual de Ibitipoca, mistura cultura e turismo ecológico e atrai milhares de visitantes para um cenário de natureza e aventura
Foto: Leonardo Costa/MTur
Evento é oportunidade para conhecer história dos barões estabelecidos na região em sobrados suntuosos
Evento é oportunidade para conhecer história dos barões estabelecidos na região em sobrados suntuosos
Foto: Isabela Kassow/Governo do Rio de Janeiro
Vagas são destinadas a alunos de cursos de bacharelado, licenciatura ou tecnólogo em Turismo ou Hospitalidade
Vagas são destinadas a alunos de cursos de bacharelado, licenciatura ou tecnólogo em Turismo ou Hospitalidade
Divulgação/Ministério do Turismo

Governo digital