Você está aqui: Página Inicial > Turismo > 2014 > 07 > Turista da Copa planejou viagem pela internet

Turismo

Turista da Copa planejou viagem pela internet

Pesquisa

Viajante reservou meio de hospedagem, localizou restaurantes e obteve informações sobre os destinos turísticos pela rede
por Portal Brasil publicado: 25/07/2014 10h48 última modificação: 25/07/2014 10h48

Um estudo do Ministério do Turismo em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) mostrou que 67,6% dos turistas estrangeiros que vieram para a Copa do Mundo 2014 buscaram informações sobre o País na internet.

O dado revela um aumento considerável em relação aos últimos anos. Em 2009, uma parcela pequena dos viajantes (19,9%) recorria à rede para este fim.  A maioria ainda acionava amigos e parentes (29,9%) para obter informações. Três anos depois, um grupo maior de entrevistados (33,6%) passou a reconhecer na internet a principal fonte de conteúdo sobre os destinos turísticos.

Durante a Copa, porém, este número dobrou. A rede passou a ser acionada em todas as fases de uma viagem: da pesquisa à reserva, do registro das imagens ao compartilhamento de informações.

A primeira explicação para este aumento está no fato de que, nos últimos dois anos, a rede não só se expandiu como se consolidou como fonte confiável de informações. O número de blogs, de fóruns e de portais colaborativos se segmentou a tal ponto que o viajante do século 21 já pode receber notícias – e avaliações - de um determinado destino turístico em tempo real.

O ganho de importância da rede também se explica pelo perfil jovem e pela alta escolaridade do estrangeiro que visitou o País, como explica o diretor do Departamento de Estudos e Pesquisas do MTur, José Francisco Lopes. “O maior grupo tem entre 25 e 31 anos (31,9%) e alta escolaridade: a ensino superior completo (48,3%) ou pós- graduação (33,3%)”, afirma.

O escocês Jonny Sweet, de 27 anos, que esteve no País durante a Copa, usou a internet para comparar valores de diárias, aprender com os comentários de viajantes e ainda fazer as reservas de hospedagem. “Gosto do processo de comparar preços e traçar meu roteiro”, disse. O mesmo fez o norte-americano Jonathan Obial (25), que disse ter pesquisado bastante na rede até encontrar os melhores preços de albergues e passagens aéreas.

Fonte:
Ministério do Turismo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Festas juninas entram no calendário turístico do Brasil
Ministério do Turismo pretende transformar as festas de São João em produto de destaque para atrair visitantes estrangeiros
Artistas poderão trabalhar no Ministério do Turismo
Órgão patrocina um cachê, de no máximo R$ 200 mil, para eventos indutores de turismo.
Blumenau é a Capital Nacional da Cerveja
Presidente Michel Temer sancionou, nesta quinta-feira (9), uma lei que dá título à cidade. Blumenau é palco da Oktoberfest
Ministério do Turismo pretende transformar as festas de São João em produto de destaque para atrair visitantes estrangeiros
Festas juninas entram no calendário turístico do Brasil
Órgão patrocina um cachê, de no máximo R$ 200 mil, para eventos indutores de turismo.
Artistas poderão trabalhar no Ministério do Turismo
Presidente Michel Temer sancionou, nesta quinta-feira (9), uma lei que dá título à cidade. Blumenau é palco da Oktoberfest
Blumenau é a Capital Nacional da Cerveja

Últimas imagens

Festas juninas no Nordeste atraem milhões de foliões
Festas juninas no Nordeste atraem milhões de foliões
Divulgação/EBC
A Pedra Furada é um cartão postal e ícone da paisagem do Parque Nacional de Jericoacoara
A Pedra Furada é um cartão postal e ícone da paisagem do Parque Nacional de Jericoacoara
Divulgação/Embratur
Regiões mais procuradas pelos brasileiros deverão ser Nordeste e Sudeste
Regiões mais procuradas pelos brasileiros deverão ser Nordeste e Sudeste
Arquivo/Embratur
Período junino é oportunidade de conhecer a cidade, cujo centro histórico é Patrimônio Cultural da Humanidade
Período junino é oportunidade de conhecer a cidade, cujo centro histórico é Patrimônio Cultural da Humanidade
Divulgação/Embratur
Festival das Estrelas celebra cultura japonesa no tradicional bairro da Liberdade, em São Paulo
Festival das Estrelas celebra cultura japonesa no tradicional bairro da Liberdade, em São Paulo
Arquivo/EBC

Governo digital