Você está aqui: Página Inicial > Turismo > 2016 > 10 > Lei do artesão formaliza e incentiva a atividade no País

Turismo

Lei do artesão formaliza e incentiva a atividade no País

Legislação

Reconhecido como profissional das artes feitas manualmente, a categoria já reúne mais de 10 milhões de trabalhadores no País
por Portal Brasil publicado: 21/10/2016 16h21 última modificação: 24/10/2016 09h36

O sábado (22) foi marcado pela comemoração do primeiro ano da regulamentação da lei que reconheceu o artesão como profissional das artes feitas manualmente. A categoria reúne mais de 10 milhões de profissionais. Com a norma, esses trabalhadores têm acesso à benefícios sociais, como a aposentadoria, por meio da carteira do artesão. 

A lei definiu como artesão o profissional que exerce atividades predominantemente manuais, que pode contar com o auxílio de ferramentas e outros equipamentos, desde que visem assegurar qualidade, segurança e, quando couber, observância às normas oficiais aplicáveis ao produto.

A medida também viabiliza a elaboração de políticas públicas específicas para o setor, que aumentam os investimentos em artesanato, além de ter instituído a carteira profissional para a categoria e autorizado o Poder Executivo a dar apoio profissional aos artesãos.

Entre as diretrizes estão a valorização da identidade e cultura nacionais, a destinação de linha de crédito especial para o financiamento da comercialização da produção artesanal e para a aquisição de matéria-prima e de equipamentos, além de qualificação permanente, apoio comercial e certificação da qualidade do artesanato.

A Carteira Nacional do Artesão, prevista na lei, será válida em todo o território nacional e só será renovada com a comprovação das contribuições sociais para a Previdência Social. A lei prevê também a criação da Escola Técnica Federal do Artesanato.

Feira

Para celebrar a data, o Sebrae promove até domingo (23), em São Paulo, a Feira de Artesanato Brasil Original para que artesãos de todo o País possam exibir sua arte.

“O artesanato, além de gerar emprego e renda para milhões de brasileiros, é um dos principais itens de incremento ao turismo. A arte manual, exposta em todos os destinos turísticos e adquirida pelos viajantes, gira a economia local e promove, naturalmente, a divulgação dos atrativos brasileiros”, ressaltou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

As lembrancinhas compradas pelos turistas já fazem parte da lista de presentes durante as viagens. É como se um ícone do destino ou pedaço do atrativo fosse levado pelo turista. Fotos e vídeos registam os melhores momentos de uma viagem. Já o artesanato materializa a estima que o viajante atribui ao local visitado, adquirindo o souvenir.

A feira, realizada no Centro de Exposições do Anhembi, terá mais de 10 mil peças expostas e ajuda o artesão a comercializar obras de arte com identidade cultural. São eles que têm a capacidade de, a partir da cultura local, concretizar em uma peça os valores e saberes por meio do trabalho manual. A boa gestão, aliada a qualidade do produto artesanal, ajuda no sucesso da comercialização.

A dois meses da mais importante data comemorativa do ano para o comércio, o artesanato é uma grande oportunidade para lojistas abastecerem seus estoques e consumidores iniciarem as compras natalinas. Feiras e mercados de artesanato são vitrines importantes para os artesãos divulgarem e venderem seus trabalhos. Até domingo, por exemplo, a feira do Anhembi, em São Paulo, deverá receber 20 mil visitantes.

Tendo o Sebrae como indutor de pequenos negócios, a feira amplia a visibilidade do setor no mercado e contribui para aumentar o faturamento e a competitividade entre os artesãos. Em época de crise econômica, os trabalhos manuais, desde a produção de alimentos caseiros até peças de arte são uma oportunidade de negócio para muitos brasileiros, cuja única renda, na maioria das vezes, é o artesanato. Outra vertente do artesanato, pela sua abrangência, é a materialização da diversidade cultural do Brasil.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Turismo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Círio de Nazaré movimenta o turismo religioso no Pará
Turistas do Brasil inteiro já estão chegando a Belém, no Pará, para acompanhar o Círio de Nazaré, que é a maior procissão religiosa do Brasil e reúne, em média, 2 milhões de pessoas
Atividades turísticas tiveram crescimento em junho, aponta pesquisa
De acordo com levantamento divulgado pelo IBGE, as atividades turísticas tiveram um crescimento de 5,3% no mês de junho.
IBGE divulga pesquisa sobre o setor hoteleiro no Brasil
Levantamento investigou hotéis, pousadas, motéis, apart-hoteis e albergues existentes no País
Turistas do Brasil inteiro já estão chegando a Belém, no Pará, para acompanhar o Círio de Nazaré, que é a  maior procissão religiosa do Brasil e reúne, em média, 2 milhões de pessoas
Círio de Nazaré movimenta o turismo religioso no Pará
De acordo com levantamento divulgado pelo IBGE, as atividades turísticas tiveram um crescimento de 5,3% no mês de junho.
Atividades turísticas tiveram crescimento em junho, aponta pesquisa
Levantamento investigou hotéis, pousadas, motéis, apart-hoteis e albergues existentes no País
IBGE divulga pesquisa sobre o setor hoteleiro no Brasil

Últimas imagens

Ministério da Indústria está realizando consulta para verificar se não há empresas nacionais que produzam os equipamentos
Ministério da Indústria está realizando consulta para verificar se não há empresas nacionais que produzam os equipamentos
Nilo Biazzetto Neto/Ministério do Turismo
Série de procissões em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré começam nesta sexta-feira (6)
Série de procissões em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré começam nesta sexta-feira (6)
Foto: Sidney Oliveira/Governo do Pará
Pesquisas revelam também que 6 entre 10 turistas têm intenção de conhecer a cidade
Pesquisas revelam também que 6 entre 10 turistas têm intenção de conhecer a cidade
Foto: Isabella Atayde/Iphan
Objetivo é aproveitar o período de preparação para a Copa do Mundo para lançar o Brasil em agências de viagem
Objetivo é aproveitar o período de preparação para a Copa do Mundo para lançar o Brasil em agências de viagem
Divulgação/Sec. de Turismo de Belo Horizonte

Governo digital