Você está aqui: Página Inicial > Turismo > 2017 > 06 > Ferramenta fortalece atração de eventos internacionais para o Brasil

Turismo

Ferramenta fortalece atração de eventos internacionais para o Brasil

Negócios

Desde o lançamento do Banco Brasileiro de Eventos, em 2016, 115 destinos já se cadastraram
por Portal Brasil publicado: 08/06/2017 20h08 última modificação: 09/06/2017 11h31
Robert Castro/Ministério do Turismo Em 2016, Brasil foi o país da América do Sul que mais sediou eventos, 244

Em 2016, Brasil foi o país da América do Sul que mais sediou eventos, 244

Iniciativa do Brasil Convention & Visitors, o Banco Brasileiro de Eventos, Bureaux (BRC&VB), vai cadastrar eventos internacionais itinerantes e os destinos interessados em sediá-los de acordo com a demanda apresentada.

Desde o lançamento do banco, em 2016, 115 destinos já se cadastraram. Com as informações cedidas pelos organizadores de eventos  atrativos de interesse, quantidade de leitos e infraestrutura disponível  as cidades podem se candidatar a receber o evento e iniciar a captação do congresso ou feira em questão.

O ano de 2016 foi marcado por recordes na realização de eventos internacionais, 12.212 em todo o mundo. No entanto, o Brasil conseguiu captar apenas 244, ou seja, menos de 2% desse total.

“Criamos essa ferramenta com o único objetivo de ajudar o Brasil a captar cada vez mais eventos uma vez que acreditamos que o turismo de negócios, assim como o turismo de lazer, pode ser um importante indutor da economia brasileira, capaz de gerar emprego e renda em todos os segmentos da atividade”, afirmou o presidente do Brasil Convention & Visitors Bureaux, Márcio Santiago.

O Banco de Eventos foi lançado em 14 de dezembro de 2016. “O setor do turismo de eventos no Brasil contribui de maneira importante para a nossa atividade, mas podemos avançar mais, e a estruturação do banco de eventos é uma iniciativa primordial para avançarmos rumo à conquista de mais eventos”, defendeu o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Ranking

De acordo com levantamento feito pela Associação Internacional de Congressos e Eventos (ICCA, na sigla em inglês), em 2016 o Brasil continuou sendo o país da América do Sul que mais sediou eventos (244) no continente. No entanto, no ranking global, o Brasil recuou quatro posições em relação ao ano anterior, passando da 11ª para a 15ª posição entre as nações que mais sediam eventos internacionais.

De acordo com o estudo Demanda Internacional, do Ministério do Turismo, 20,2% dos turistas estrangeiros que estiveram ao Brasil em 2015 vieram motivados por negócios, eventos e convenções. As cidades mais procuradas foram: São Paulo (45,1%), Rio de Janeiro (24,5%) e Curitiba (4,2%). O gasto médio per capita do turista foi de US$ 82,48, valor superior ao dos turistas a lazer  US$ 67,12.

Fonte: Ministério do Turismo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Festas juninas entram no calendário turístico do Brasil
Ministério do Turismo pretende transformar as festas de São João em produto de destaque para atrair visitantes estrangeiros
Artistas poderão trabalhar no Ministério do Turismo
Órgão patrocina um cachê, de no máximo R$ 200 mil, para eventos indutores de turismo.
Blumenau é a Capital Nacional da Cerveja
Presidente Michel Temer sancionou, nesta quinta-feira (9), uma lei que dá título à cidade. Blumenau é palco da Oktoberfest
Ministério do Turismo pretende transformar as festas de São João em produto de destaque para atrair visitantes estrangeiros
Festas juninas entram no calendário turístico do Brasil
Órgão patrocina um cachê, de no máximo R$ 200 mil, para eventos indutores de turismo.
Artistas poderão trabalhar no Ministério do Turismo
Presidente Michel Temer sancionou, nesta quinta-feira (9), uma lei que dá título à cidade. Blumenau é palco da Oktoberfest
Blumenau é a Capital Nacional da Cerveja

Últimas imagens

Festas juninas no Nordeste atraem milhões de foliões
Festas juninas no Nordeste atraem milhões de foliões
Divulgação/EBC
A Pedra Furada é um cartão postal e ícone da paisagem do Parque Nacional de Jericoacoara
A Pedra Furada é um cartão postal e ícone da paisagem do Parque Nacional de Jericoacoara
Divulgação/Embratur
Regiões mais procuradas pelos brasileiros deverão ser Nordeste e Sudeste
Regiões mais procuradas pelos brasileiros deverão ser Nordeste e Sudeste
Arquivo/Embratur
Período junino é oportunidade de conhecer a cidade, cujo centro histórico é Patrimônio Cultural da Humanidade
Período junino é oportunidade de conhecer a cidade, cujo centro histórico é Patrimônio Cultural da Humanidade
Divulgação/Embratur
Festival das Estrelas celebra cultura japonesa no tradicional bairro da Liberdade, em São Paulo
Festival das Estrelas celebra cultura japonesa no tradicional bairro da Liberdade, em São Paulo
Arquivo/EBC

Governo digital