Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2016 > 03 > Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica está com inscrições abertas

Ciência e Tecnologia

Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica está com inscrições abertas

Ciência

Podem participar estudantes dos Ensinos Fundamental e Médio de escolas públicas e particulares; inscrições terminam no dia 31 de março
publicado: 15/03/2016 15h00 última modificação: 17/03/2016 09h52
Divulgação/MCTI Melhores classificados representarão o Brasil nas olimpíadas Internacional de Astronomia e Astrofísica e Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica de 2017

Melhores classificados representarão o Brasil nas olimpíadas Internacional de Astronomia e Astrofísica e Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica de 2017

As inscrições para a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) estão abertas até o dia 31 de março. O objetivo da ação é levar as ciências espaciais para as salas de aula, despertando o interesse dos jovens. Podem participar estudantes do Ensino Fundamental e do Ensino Médio de escolas públicas e particulares. As provas serão realizadas em 13 de maio.

A Olimpíada é dividida em quatro níveis. Os três primeiros são para alunos do Ensino Fundamental, e o quarto, para os do Ensino Médio. A prova é composta por dez perguntas: sete de astronomia e três de astronáutica. A maioria das questões é de raciocínio lógico. As medalhas são distribuídas conforme a pontuação obtida em cada nível.

Os melhores classificados representarão o Brasil na Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica e Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica de 2017. Os participantes dessa edição ainda vão concorrer a vagas nas Jornadas Espaciais, que acontecem em São José dos Campos (SP), onde os participantes recebem material didático e assistem a palestras de especialistas.

Em 2015, a Olimpíada teve a participação de mais de 830 mil estudantes de quase 10 mil escolas de todo o País, além da colaboração de 64 mil professores.

Junto à Olimpíada de Astronomia, também será realizada a Mostra Brasileira de Foguetes para avaliar a capacidade dos jovens de construir e lançar, o mais longe possível, foguetes feitos de garrafa pet ou de canudo de refrigerante, conforme o nível do aluno. Os estudantes do Ensino Médio que conseguirem os melhores lançamentos serão convidados para as Jornadas de Foguetes no final de 2016. Em 2015, a Mostra contou com a participação de 87 mil alunos.

A Olimpíada Brasileira de Astronomia é coordenada pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e pela Agência Espacial Brasileira (AEB) em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Fonte: Portal Brasil, com informações do MCTI

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Exposição mostra Feira em uma Aventura Alimentar
Feira da Ceilândia no labirinto Aventura Alimentar faz parte da programação da 13ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT)
Semana Nacional de Ciência e Tecnologia vai até 23 de outubro
Confira a programação
Saiba mais sobre o Banco Ativo de Germoplasma
O pesquisador Marcelo Fernandes de Oliveira aborda a importância do Banco Ativo de Germoplasma, uma coleção com 35 mil tipos de soja.
Feira da Ceilândia no labirinto Aventura Alimentar faz parte da programação da 13ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT)
Exposição mostra Feira em uma Aventura Alimentar
Confira a programação
Semana Nacional de Ciência e Tecnologia vai até 23 de outubro
O pesquisador Marcelo Fernandes de Oliveira aborda a importância do Banco Ativo de Germoplasma, uma coleção com 35 mil tipos de soja.
Saiba mais sobre o Banco Ativo de Germoplasma

Últimas imagens

Para funcionar, a Internet das Coisas precisa de sensores, para compilar os dados das atividades ou aplicações
Para funcionar, a Internet das Coisas precisa de sensores, para compilar os dados das atividades ou aplicações
Foto: Hedeson Alves/Governo do Paraná
As informações coletadas farão parte do SiBBr e do Catálogo Taxonômico da Fauna Brasileira
As informações coletadas farão parte do SiBBr e do Catálogo Taxonômico da Fauna Brasileira
Divulgação/Inpa
Estudos sobre a planta se desenvolvem há sete anos
Estudos sobre a planta se desenvolvem há sete anos
Arquivo/Agência Brasil
Brasil conta com mais de 10 mil emissoras de rádio
Brasil conta com mais de 10 mil emissoras de rádio
Divulgação/MCTIC
Os investimentos destinados ao projeto são da ordem de R$ 2,1 bilhões
Os investimentos destinados ao projeto são da ordem de R$ 2,1 bilhões
José Cruz/Agência Brasil

Governo digital