Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2017 > 01 > Livro reúne dados de animais preservados pela Embrapa

Ciência e Tecnologia

Livro reúne dados de animais preservados pela Embrapa

Conservação

Publicação é resultado de pesquisa de 30 anos com espécies usadas na agropecuária
por Portal Brasil publicado: 09/01/2017 18h58 última modificação: 10/01/2017 13h58

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) divulgou, nesta segunda-feira (9), o Inventário de Recursos Genéticos Animais. A publicação reúne informações sobre os animais que fazem parte do programa de conservação da empresa.

Os dados coletados no livro compõem uma pesquisa que teve início em 1980 e que foram impressos pela primeira vez. Há informações detalhadas sobre animais de interesse zootécnico, incluindo os mais utilizados na agropecuária, como bovinos, caprinos, suínos, bubalinos, equinos e ovinos, além de peixes, abelhas, muçuãs (pequena espécie sul-americana de tartaruga de água doce) e caititus, conhecidos popularmente como porcos do mato.

Assim, é possível mapear a ocorrência desses animais no Brasil, comportamento e características específicas de cada uma das raças.

Raças naturalizadas

Para Maria do Socorro Maués, que é uma das editoras da obra: “muito mais do que compilar dados, o inventário apresenta ao leitor um universo que poderia ter desaparecido, se não fosse o esforço e dedicação de pesquisadores da Embrapa que, em parceria com criadores e outras instituições de pesquisa e ensino no Brasil, dedicam-se diariamente à conservação das raças localmente adaptadas no Brasil. Trata-se de um universo de diversidade genética, desconhecido por muitos, mas que representa a base da formação dos rebanhos comerciais brasileiros”.

O objetivo principal do livro é aumentar o conhecimento de pecuaristas, professores, pesquisadores e estudantes sobre as raças localmente adaptadas, ressaltando a sua importância para a história da pecuária brasileira. “Esperamos que seja mais um passo para consolidar a reinserção desses animais no mercado produtivo”, ressalta a pesquisadora.

A Embrapa investe na conservação de recursos genéticos animais desde 1983. O objetivo é preservar raças de animais domésticos de interesse para a pecuária, conhecidas como localmente adaptadas, pois se desenvolveram no Brasil a partir de animais trazidos pelos colonizadores logo após o descobrimento. São, portanto, verdadeiros tesouros genéticos, pois possuem características de rusticidade e adaptabilidade adquiridas ao longo dos séculos, com grande potencial de uso em programas de melhoramento genético, a partir de cruzamentos com raças comerciais.

Conservação

A conservação de raças localmente adaptadas é uma das prioridades da FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação), que mantém uma comissão permanente para fortalecer a conservação e uso sustentável de recursos genéticos de plantas, animais e microrganismos em nível mundial.

Para evitar a perda desse material genético importante e insubstituível, a Embrapa coordena ações de conservação, que envolvem a seleção de animais doadores de sêmen, embriões e DNA.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Embrapa

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Lei Geral de Comunicações estimula investimentos em banda larga
A alteração da LGT foi aprovada no Senado em janeiro deste ano. Com a medida, será possível aumentar a segurança jurídica dos envolvidos na prestação de serviços de telecomunicação do País
Migração das rádios AM para FM melhora a qualidade da radiodifusão no País
A mudança é uma reivindicação das emissoras AM, que sofrem com a perda de qualidade do sinal, de audiência e de faturamento
Satélite Geoestacionário vai garantir comunicação segura ao governo
O Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC)será utilizado para comunicações estratégicas do governo e para ampliar a oferta de banda larga no País, especialmente nas áreas remotas
A alteração da LGT foi aprovada no Senado em janeiro deste ano. Com a medida, será possível aumentar a segurança jurídica dos envolvidos na prestação de serviços de telecomunicação do País
Lei Geral de Comunicações estimula investimentos em banda larga
A mudança é uma reivindicação das emissoras AM, que sofrem com a perda de qualidade do sinal, de audiência e de faturamento
Migração das rádios AM para FM melhora a qualidade da radiodifusão no País
O Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC)será utilizado para comunicações estratégicas do governo e para ampliar a oferta de banda larga no País, especialmente nas áreas remotas
Satélite Geoestacionário vai garantir comunicação segura ao governo

Últimas imagens

Foram distribuídos, nas 14 cidades, 523 mil kits com conversor
Foram distribuídos, nas 14 cidades, 523 mil kits com conversor
Divulgação/MCTIC
Mudança é reivindicação de emissoras AM, que sofrem com perda de qualidade do sinal e audiência
Mudança é reivindicação de emissoras AM, que sofrem com perda de qualidade do sinal e audiência
Arquivo/Mctic
Laboratório-Fábrica LABelectron, da Certi, desenvolve tecnologias de manufatura de placas eletrônicas
Laboratório-Fábrica LABelectron, da Certi, desenvolve tecnologias de manufatura de placas eletrônicas
Divulgação/Certi
Meta do programa é instalar 7,8 mil km de cabos de fibra ótica subaquática e ligar Manaus a 52 municípios
Meta do programa é instalar 7,8 mil km de cabos de fibra ótica subaquática e ligar Manaus a 52 municípios
Capacitação reforça o papel do Brasil como líder mundial em tecnologias para controle do desmatamento
Capacitação reforça o papel do Brasil como líder mundial em tecnologias para controle do desmatamento
Divulgação/EBC

Governo digital