Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 06 > Inflação do aluguel acumula queda de 0,63% em 12 meses

Economia e Emprego

Inflação do aluguel acumula queda de 0,63% em 12 meses

IGP-M

Deflação é menor que a da primeira prévia de maio, que ficou em 0,89%
publicado: 09/06/2017 11h46 última modificação: 09/06/2017 11h50

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou queda de 0,51%, na primeira prévia de junho. Os dados foram divulgados, nesta sexta-feira (9), pela Fundação Getulio Vargas. 

A deflação é menor que a da primeira prévia de maio, que foi de 0,89%. Já em 12 meses, o IGP-M acumula deflação de 0,63%. 

Usado como base para reajustar grande parte dos contratos imobiliários, o IGP-M é composto por três subíndices. O Índice de Preços ao Produtor Amplo, que avalia o atacado, passou de -1,37% para -1,07% no período. 

O Índice de Preços ao Consumidor, que analisa o varejo, subiu de 0,03% para 0,13%. E o Índice Nacional de Custo da Construção subiu de -0,06% para 1,43%.

Fonte: Portal Brasil, com informações da FGV

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

registrado em: , ,
Assunto(s): Economia, Habitação

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Inflação acumulada é a mais baixa em 19 anos
Resultado é reflexo principalmente da queda no preço dos alimentos
Resultado é reflexo principalmente da queda no preço dos alimentos
Inflação acumulada é a mais baixa em 19 anos

Últimas imagens

Principal destino das exportações do agronegócio brasileiro foi a China
Principal destino das exportações do agronegócio brasileiro foi a China
Reprodução/Rede Minas de Televisão
Com a documentação que comprove o óbito e o vínculo com o falecido, não é necessário seguir o calendário de saque
Com a documentação que comprove o óbito e o vínculo com o falecido, não é necessário seguir o calendário de saque
Foto: Rodrigo de Oliveira/Caixa
Total de R$ 3 bilhões irá para 2.420.458 contribuintes
Total de R$ 3 bilhões irá para 2.420.458 contribuintes
Arquivo/ EBC

Governo digital