Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 07 > FGTS: Caixa paga mais de R$ 41,8 bilhões das contas inativas

Economia e Emprego

FGTS: Caixa paga mais de R$ 41,8 bilhões das contas inativas

Trabalhador

Até o próximo dia 31 de julho, mais de 2,5 milhões de trabalhadores nascidos em dezembro poderão sacar o benefício
publicado: 14/07/2017 12h34 última modificação: 14/07/2017 12h39

Um total de R$ 41,8 bilhões foi pago a 24,8 milhões de trabalhadores beneficiados pelo saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Esse total foi liberado pela Caixa Econômica Federal até a última quarta-feira (12) e equivale a 96% do valor disponível para saque (R$43,6 bilhões).

O número de trabalhadores que sacaram os recursos das contas do fundo representa 82% das 30,2 milhões de pessoas beneficiadas pela medida. Os recursos sacados das contas inativas do FGTS superaram a previsão inicial do banco de R$ 35 bilhões.

Prazo

Até 31 de julho, mais de 2,5 milhões de trabalhadores nascidos em dezembro poderão sacar o saldo das contas inativas de contratos de trabalho encerrados até dezembro de 2015. Eles têm direito a mais de R$ 3,5 bilhões.

Quem foi contemplado nas etapas anteriores, mas não retirou o benefício, também poderá sacá-lo até o fim do mês. Entre os nascidos de janeiro a novembro, até 28 de junho, 18,2% ainda não tinham realizado o saque.

Para facilitar o atendimento, os trabalhadores devem sempre ter em mãos o documento de identificação e a carteira de trabalho, ou outro documento que comprove a rescisão de seu contrato. Para valores acima de R$ 10 mil, é obrigatória a apresentação dos documentos.

Os trabalhadores com saldo até R$ 1,5 mil podem sacar no autoatendimento, somente com a senha do cartão cidadão. Para valores até R$ 3 mil, o saque pode ser realizado com o Cartão do Cidadão e senha no autoatendimento, nas lotéricas e correspondentes Caixa. Acima de R$ 3 mil, caso não tenha optado por receber o crédito automático em conta do banco, o saque deve ser feito na boca do caixa nas agências.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Caixa Econômica Federal 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

registrado em: , ,
Assunto(s): Economia, Trabalho, Emprego

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Vendas do varejo crescem 3,6% em agosto
Pesquisa mensal de comércio do IBGE aponta que as vendas do varejo cresceram em agosto, na comparação com o mesmo período do ano passado. O setor de móveis e eletrodomésticos foi o que registrou o maior crescimento
Pesquisa mensal de comércio do IBGE aponta que as vendas do varejo cresceram em agosto, na comparação com o mesmo período do ano passado. O setor de móveis e eletrodomésticos foi o que registrou o maior crescimento
Vendas do varejo crescem 3,6% em agosto

Últimas imagens

Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Marcos Santos/USP Imagens
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Ministério da Fazenda
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Gustavo Raniere/Min. Fazenda
Arrecadação em alta é importante para manter o compromisso com as contas públicas
Arrecadação em alta é importante para manter o compromisso com as contas públicas
Arquivo EBC

Governo digital