Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 11 > PIS/Pasep: R$ 1,5 bilhão já foi pago para idosos até o dia 24

Economia e Emprego

PIS/Pasep: R$ 1,5 bilhão já foi pago para idosos até o dia 24

Benefício

Banco do Brasil e Caixa são as instituições responsáveis pela liberação dos recursos
publicado: 27/11/2017 17h31 última modificação: 04/12/2017 15h08

Depois de medidas adotadas pelo governo para aumentar o poder de compra do brasileiro, o fim do ano será um período com mais dinheiro em circulação. Até o dia 24 de novembro, os pagamentos antecipados do PIS/Pasep para idosos colocaram R$ 1,5 bilhão na economia. A expectativa é de que R$ 15,9 bilhões sejam liberados até o fim de 2017.

Segundo informações do Banco do Brasil, até o dia 23 de novembro, foi realizado o pagamento de 312.085 cotas, totalizando R$ 515.474.375,53. Esses recursos são do Pasep, fundo que é administrado pela instituição financeira. O banco informou, ainda, que 1,6 milhão de cotistas do Pasep se enquadram nas condições para receber esses valores antecipadamente.

Na Caixa Econômica Federal, R$ 1 bilhão foi liberado até o dia 24. Todos esses recursos foram pagos a 1 milhão de cotistas que tinham saldo no PIS e se enquadram nas condições de idade para receber os valores. O objetivo da Caixa é liberar R$ 11,2 bilhões até o fim do calendário.

O que mudou no PIS/Pasep

Em outubro, o governo decidiu antecipar o pagamento do PIS/Pasep. Isso quer dizer que mais gente terá acesso ao benefício neste ano. O calendário de pagamentos das cotas por motivo de idade e aposentadoria foi divulgado em 28 de setembro.

De acordo com a Medida Provisória 797/2017, mulheres a partir de 62 anos e homens a partir de 65 anos que ainda tenham saldo de cotas terão direito a realizar os saques. A medida beneficia 5,1 milhões de trabalhadores.

O pagamento das cotas do PIS/Pasep começou em 19 de outubro. Tem direito às cotas o trabalhador cadastrado no Fundo PIS/PASEP, entre 1971 e 4/10/1988, que ainda não sacou o saldo total de cotas na conta individual de participação.

Fonte: Caixa Econômica Federal 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil