Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2018 > 01 > FGV: confiança do setor de serviços avança em janeiro

Economia e Emprego

FGV: confiança do setor de serviços avança em janeiro

Retomada

Segundo instituição, empresários estão confortáveis com a atual situação da economia e mais confiantes quanto ao futuro
publicado: 01/02/2018 11h20 última modificação: 01/02/2018 21h17
                                                                                                                                                                                                   Marcos Santos/USP Imagens

Confiança

Medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o Índice de Confiança de Serviços (ICS) avançou 2,4 pontos em janeiro para 91,8 pontos. Esse é o maior nível para o indicador desde julho de 2014, quando o Brasil ainda enfrentava sua pior recessão.

De acordo com o levantamento, feito com quase 2 mil empresas do setor de serviços, dois fatores explicam esse resultado: as avaliações quanto à situação atual estão mais positivas, assim como a expectativa para os próximos meses. No primeiro caso, o Índice da Situação Atual (ISA-S) marca onze meses seguidos de alta e, no segundo caso, o índice que mede as expectativas atingiu 99,1 pontos, o maior nível em três anos.

“A alta da confiança de Serviços em janeiro decorre de avaliações mais positivas tanto em relação ao período corrente quanto das perspectivas de curto prazo [...] Esta maior convergência das avaliações dos empresários reforça o cenário de continuidade da recuperação da economia nos próximos meses”, avalia a economista da instituição, Itaiguara Bezerra.

Fonte: Governo do Brasil, com informações da FGV

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

registrado em: , , ,
Assunto(s): Economia