Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2018 > 01 > Mudanças em programa facilitam acesso de agricultores a empréstimo

Economia e Emprego

Mudanças em programa facilitam acesso de agricultores a empréstimo

Campo

Iniciativa permite que produtores familiares financiem até R$ 140 mil para a compra de imóveis rurais ou de infraestrutura voltados à produção agrícola
publicado: 13/01/2018 12h39 última modificação: 14/01/2018 15h48

Foto: Ubirajara Machado/MDSMudanças em programa facilitam acesso de agricultores a empréstimo

O Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) ampliou as linhas de financiamento para agricultores de todo o Brasil. A partir de agora, a renda máxima para os inscritos no Cadastro Único dos programas sociais será de R$ 20 mil. Antes, só tinham acesso ao crédito os produtores que ganhavam até R$ 9 mil. O limite de patrimônio também aumentou de R$ 30 mil para R$ 40 mil.  

Também houve mudanças na faixa intermediária. Nessa categoria, os ganhos máximos permitidos passaram de R$ 30 mil para R$ 40 mil. Para esses produtores, o patrimônio deixou de ser R$ 60 mil e passou para R$ 80 mil. Foi criada uma nova linha para famílias com renda de até R$ 216 mil e patrimônio de até R$ 500 mil. Em todos os todos os casos, o valor máximo a ser financiado é R$ 140 mil, que podem ser utilizados para a compra de imóveis rurais ou de infraestrutura voltados à produção agrícola. As taxas de juros variam de 0,5% a 2% ao ano. 

O PNCF já beneficiou agricultores de 2,3 mil municípios de 21 estados. Ao todo, foram disponibilizados R$ 3,4 bilhões para aquisição de terras e R$ 600 milhões para investimentos. 

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil