Notícias

Educação a distância

Cursos sobre direitos do consumidor recebem inscrições até domingo (5)

Escola Nacional de Defesa do Consumidor oferece cursos a distância gratuitamente
publicado: 01/08/2018 12h06, última modificação: 01/08/2018 12h06
Cursos sobre direitos do consumidor recebem inscrições até domingo (5)

Os conteúdos são gratuitos e abertos ao público maior de 16 anos - Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

A Escola Nacional de Defesa do Consumidor estendeu até o próximo domingo (5) as inscrições para cursos gratuitos com temas relacionados aos direitos do consumidor. Os conteúdos são abertos ao público maior de 16 anos. Para participar, basta acessar a página da Secretaria Nacional do Consumidor, fazer o cadastro no portal e escolher um dos seguintes cursos:

Introdução à Defesa do Consumidor

  • Carga horária: 20 horas
  • Duração: três semanas (14 de agosto a 3 de setembro)
  • Conteúdo: Proteção e Defesa do Consumidor no Brasil; Regulação e Consumo; e Sistemas de Informação de Defesa do Consumidor.

Princípios e Direitos Básicos do CDC

  • Duração: três semanas (14 de agosto a 3 de setembro)
  • Conteúdo: Relações de consumo; Princípios do Código de Defesa do Consumidor e Direitos Básicos do Consumidor.

Oferta e Publicidade

  • Duração: três semanas (14 de agosto a 3 de setembro)
  • Conteúdo: o aluno poderá identificar, segundo o Código de Defesa do Consumidor, as características da oferta e da publicidade, bem como os direitos dos consumidores envolvidos.

Formação de Tutores

  • Duração: seis semanas (14 de agosto a 24 de setembro)
  • Conteúdo: o curso foi criado para formar tutores especializados no ensino a distância na nova plataforma oferecida pela Senacon. O conteúdo oferecido são as bases teóricas necessárias para se formar um bom profissional.

Os inscritos que responderem todos os questionários disponibilizados sobre os conteúdos assistidos e obtiverem, no mínimo, 50% dos pontos disponíveis poderão retirar a declaração de conclusão do curso no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

O certificado, em versão digital, será emitido pela Universidade de Brasília (UnB) em parceria com a Escola Nacional de Defesa do Consumidor (Endc), da Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon/MJ).

Fonte: Ministério da Justiça