Esporte

Informações

Série de perguntas esclarece investimentos do País para a Copa

Série de perguntas e respostas esclarece de que forma o País se preparou para receber o Mundial de 2014
publicado: 11/04/2014 17h22, última modificação: 22/12/2017 20h12

Por que fazer grandes eventos?

Os grandes eventos aumentam a visibilidade do País e trazem mais turistas estrangeiros. É uma oportunidade para incrementar a infraestrutura, antecipando obras e intervenções que eram necessárias mesmo sem a realização do evento. É o caso do investimento em mobilidade urbana e das obras nos aeroportos e portos.

Por que 12 sedes?

As 12 sedes são capazes de demonstrar a riqueza cultural e natural do País, além de democratizar os ganhos em infraestrutura, com os investimentos, e econômicos, com a distribuição dos turistas por todo o País.

Quanto o Brasil está investindo?

O plano de investimentos nas cidades-sede da Copa totaliza R$ 25,6 bilhões.

Em que o Brasil está investindo?

Mobilidade Urbana, Aeroportos, e financiamento para a modernização de estádios no primeiro ciclo de investimentos. Segurança, Telecomunicações e Turismo nos 2º e 3º ciclos. Além de políticas públicas potencializadas pela Copa, de Energia, Qualificação pelo Pronatec e Hotelaria. 

Investimentos em infraestrutura

Quem pagou pelos estádios?

Os estádios foram pagos com financiamento federal pelo Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), recursos locais e privados. O valor total investido é de R$ 8 bilhões.

Qual a diferença entre financiamento e repasse?

Repasse significa verba a fundo perdido do Orçamento Geral da União (OGU). Ou seja, o dinheiro não volta. Já o financiamento funciona como um empréstimo, cedido pelo BNDES. O valor financiado será pago de volta aos cofres do banco.

Investimentos em estádios

Mas espera aí, isso está tirando dinheiro de outras áreas?

Não. A Copa não retirou verbas do orçamento de áreas como a saúde, educação, transportes e segurança pública. A verba para saúde e educação aumenta a cada ano. Por exemplo, o orçamento do Ministério da Educação subiu de R$ 86,2 bilhões em 2013 para R$ 89,1 bilhões em 2014. O orçamento da Saúde para o ano de 2014 será de R$ 106 bilhões, um aumento de 31% em relação a 2011.

Custos dos estádios x investimentos em educação

Como os novos estádios podem ajudar o futebol brasileiro?

O torcedor encontra nas 12 novas arenas mais qualidade, conforto e segurança para assistir aos jogos do futebol brasileiro. Isso estimula a presença mais forte do público, beneficiando também os clubes. Somente as seis arenas inauguradas para a Copa das Confederações, por exemplo, levaram o campeonato brasileiro a bater recorde de bilheteria, com os novos estádios sendo responsáveis pela maior parte da arrecadação.

Quais os benefícios em mobilidade?

São 45 obras de mobilidade urbana que priorizam o transporte coletivo. Projetos que incluem corredores e vias para ônibus; estações, terminais e Centrais de Controle de Tráfego; BRTs (Bus Rapid Transport); VLTs (Veículo Leve sobre Trilhos). O governo investiu mais de R$ 8 bilhões nessas obras.

Quais os benefícios em portos?

Os investimentos associados aos portos chegam a R$ 587 milhões, para melhoria nos terminais em Fortaleza, Natal, Manaus, Recife e Salvador, e para alinhamento do cais em Santos (SP).

Quais os benefícios em aeroportos?

O projeto para a Copa inclui concessões de seis aeroportos: Brasília (DF), Campinas (SP), Guarulhos (SP), São Gonçalo do Amarante (RN), Galeão (RJ) e Confins (MG). Além disso, investimentos de R$ 6,28 bi para melhoria da infraestrutura aeroportuária em terminais de passageiros, pistas e pátios, e adequações operacionais. Os 21 empreendimentos de reforma e construção de terminais de passageiros aumentarão em 81% a capacidade de recepção de passageiros nos aeroportos da Copa.

E o preço das passagens? Não vai ficar muito caro durante a Copa? E os hotéis?

O governo criou um comitê interministerial para discutir e fiscalizar preços, tarifas e a qualidade dos serviços durante a Copa. Em caso de preços abusivos, os órgãos de defesa do consumidor podem agir. Sobre os hotéis, o Ministério do Turismo criou um site para divulgar opções de hospedagens alternativas. Quanto às passagens, a Anac aumentou a malha aérea para estimular a diminuição dos preços.

Mas há voos suficientes? Tantos passageiros não vão criar um caos aéreo?

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou um aumento de 1.973 novos voos entre 6 de junho e 20 de julho, com objetivo de reforçar a malha aérea e diminuir os preços das passagens durante a Copa do Mundo.

Quais os benefícios em telecomunicações?

O serviço em telecomunicações foi modernizado em todo o País, com investimentos de R$ 233 milhões da Telebras, para expandir a rede de fibra óptica da estatal, e R$ 171 milhões da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), para modernizar os procedimentos e a fiscalização. As 12 cidades-sede passaram a contar com tecnologia móvel 4G, até 10 vezes mais rápido que o atual.

Quais os benefícios em segurança?

Com R$ 1,9 bilhão, o governo investiu no controle de pontos de entrada no País, na integração de instituições e sistemas, além de ações de contingência e de defesa para o Mundial e para o território nacional. A modernização da infraestrutura de segurança ficará como legado para o Brasil depois da Copa. Alguns dos exemplos desse legado são os 14 Centros Integrados de Comando e Controle (dois nacionais e 12 regionais).

Impactos sociais

Por que estimular o voluntariado?

Para garantir que tudo funcione bem e que o foco permaneça na competição, é essencial a atuação dos inscritos no Brasil Voluntário, programa de voluntariado do governo federal. São eles os responsáveis por fazer todo o sistema de suporte a torcedores, turistas, moradores e visitantes funcionar.

Vai ser bom para o turismo?

Sim. Só na Copa das Confederações, com quatro vezes menos jogos e países classificados, o setor foi beneficiado com a movimentação de R$ 740 milhões. Além disso, foram investidos R$ 196 milhões na infraestrutura turística e na qualificação pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico (Pronatec Turismo).

A Copa gera emprego?

Levando em conta todas as áreas, 710 mil empregos permanentes e temporários serão criados.

E o que o Mundial ajuda na economia?

Um estudo desenvolvido pela assessoria técnica da presidência do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) mostra que o valor gasto por turistas brasileiros e estrangeiros durante os 30 dias de jogos da Copa do Mundo da Fifa 2014 deve chegar a R$ 25,2 bilhões. A previsão é de que o Mundial deverá agregar, até 2019, R$ 183,2 bilhões ao Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, o que representa um aumento de 0,4% ao ano. De acordo com outra pesquisa, realizada por meio da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), a Copa das Confederações gerou um movimento de R$ 20,7 bilhões, sendo R$ 11 bilhões referentes a gastos de turistas, do Comitê Organizador Local (COL) e de investimentos privados e públicos e outros R$ 9,7 bilhões como renda acrescentada ao PIB brasileiro. A expectativa é de que a Copa do Mundo gere três vezes este valor, podendo chegar a R$ 30 bilhões.

Custos dos estádios

Como o Mundial ajuda na divulgação da cultura brasileira?

O Ministério da Cultura anunciou investimento superior a R$ 50 milhões destinados para museus e revitalização de equipamentos escolhidos pelas cidades-sede. Além disso, o concurso Cultura 2014 abriu espaço para a contratação de 1.200 apresentações culturais para reforçar a programação cultural, em parceria com estados e municípios, no período da Copa. Também foi desenvolvido o projeto Vitrines Culturais, que selecionará 60 mil peças de artesanato para venda durante a Copa.

Existem famílias sendo desabrigadas por conta das obras da Copa?

Nenhuma pessoa ficou desabrigada para a construção de estádios ou para as intervenções de mobilidade urbana. As remoções são feitas com a participação popular, por meio de consultas públicas, e os atingidos são compensados e apoiados. Foram 9.086 remoções, que afetaram 6.652 famílias, que são atendidas por programas como “Minha Casa, Minha Vida”.  Em Via Mangue, no Recife, onde as pessoas saíram de palafitas para casas com toda infraestrutura

Como posso acompanhar tudo que é investido em Copa?

Acesse o site www.copa2014.gov.br e saiba mais informações sobre os investimentos e as notícias relacionadas à Copa do Mundo no Brasil.

Fonte:
Portal da Copa

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems