Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2017 > 06 > Educação básica recebe R$ 927 milhões do salário-educação

Educação

Educação básica recebe R$ 927 milhões do salário-educação

Financiamento

Redes municipais receberão R$ 505,4 mi, enquanto as estaduais e distrital, R$ 421,6 milhões. Recursos são repassados pelo FNDE
por Portal Brasil publicado: 13/06/2017 16h21 última modificação: 13/06/2017 16h21
Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília Somente em 2017, o salário-educação já rendeu R$ 5,3 bilhões aos cofres públicos

Somente em 2017, o salário-educação já rendeu R$ 5,3 bilhões aos cofres públicos

A partir desta terça-feira (13), estados, municípios e o Distrito Federal recebem R$ 927 milhões referentes à parcela de maio do salário-educação. Os recursos serão aplicados no financiamento de programas, projetos e ações voltados para a educação básica.

Dos recursos, R$ 505,4 milhões foram destinados às redes municipais de ensino e R$ 421,6 milhões para as redes estaduais e distrital. Somente em 2017, o salário-educação já rendeu R$ 5,3 bilhões aos cofres públicos. O montante transferido a cada ente federativo pode ser conferido na página do FNDE.

Contribuição social

O salário-educação é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e desenvolvimento do ensino. Trata-se de uma contribuição social que a Receita Federal recolhe de todas as empresas e entidades vinculadas ao Regime Geral da Previdência Social, a partir de uma alíquota de 2,5% sobre a folha de pagamento.

Após a arrecadação, cabe ao FNDE repartir os recursos, sendo 90% em quotas estadual/municipal (2/3) e quota federal (1/3) e 10% para serem utilizados pela autarquia em programas e ações voltados à educação básica. O pagamento deve ser feito até o dia 20 do mês seguinte ao da liberação dos valores, entre todos os entes federados.

Distribuída com base no número de matrículas no ensino básico, a quota estadual/municipal é depositada mensalmente nas contas correntes das secretarias de educação. Já a quota federal é destinada ao FNDE, para reforçar o financiamento da educação básica, com o intuito de reduzir os desníveis socioeducacionais entre municípios e estados.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Educação

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Redação do Enem leva candidatos a estudar técnicas e temas
A menos de um mês para o exame, candidatos a investem em técnicas para escrever um bom texto e na busca sobre os possíveis temas do exame
Frequência dos alunos do Bolsa Família foi a segunda melhor registrada
O acompanhamento da saúde dos beneficiários já chega a mais de 8 milhões de famílias
Aumenta número de estudantes na modalidade de ensino superior a distância
Quase 1,5 milhão de matrículas foram realizadas no ensino superior a distância em 2017, um aumento de praticamente 8% em comparação com o ano passado
A menos de um mês para o exame, candidatos a investem em técnicas para escrever um bom texto e na busca sobre os possíveis temas do exame
Redação do Enem leva candidatos a estudar técnicas e temas
O acompanhamento da saúde dos beneficiários já chega a mais de 8 milhões de famílias
Frequência dos alunos do Bolsa Família foi a segunda melhor registrada
Quase 1,5 milhão de matrículas foram realizadas no ensino superior a distância em 2017, um aumento de praticamente 8% em comparação com o ano passado
Aumenta número de estudantes na modalidade de ensino superior a distância

Últimas imagens

Iniciativa, segundo o ministro da Educação, Mendonça Filho, tem objetivo de aperfeiçoar a formação dos profissionais
Iniciativa, segundo o ministro da Educação, Mendonça Filho, tem objetivo de aperfeiçoar a formação dos profissionais
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Entidades certificadas são obrigadas a oferecer bolsas de estudo
Entidades certificadas são obrigadas a oferecer bolsas de estudo
Divulgação/Governo do Amazonas
Construções vão beneficiar 2,6 mil crianças em sete bairros da capital
Construções vão beneficiar 2,6 mil crianças em sete bairros da capital
João Bittar/MEC
A partir deste ano, Enem não poderá ser usado para certificar o ensino médio
A partir deste ano, Enem não poderá ser usado para certificar o ensino médio
Cecília Bastos/USP Imagens

Governo digital