Você está aqui: Página Inicial > Educação > 2017 > 09 > Enem de candidatos indiciados por fraude será anulado

Educação

Enem de candidatos indiciados por fraude será anulado

Ensino superior

Entre os indiciados, três fizeram o Enem em 2015 e mais dez participaram em 2016. A maioria está matriculada em cursos de medicina e odontologia em universidades federais
por Portal Brasil publicado: 12/09/2017 10h35 última modificação: 16/10/2017 16h49
Arquivo/MEC A maioria está matriculada em medicina e odontologia em universidades federais no Norte e Nordeste

A maioria está matriculada em medicina e odontologia em universidades federais no Norte e Nordeste

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 13 participantes indiciados por crime de fraude na prova foram anulados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). As instituições nas quais os participantes estão matriculados vão receber notificação do Inep para que tomem as medidas administrativas cabíveis.

Três dos indiciados fizeram o Enem em 2015 e os outros dez, em 2016. A maioria, de acordo com o instituto, está matriculada em cursos de medicina e odontologia em universidades federais das regiões Norte e Nordeste do Brasil.

O indiciamento dos estudantes e anulamento das provas ocorreu após a operação da Polícia Federal Jogo Limpo. A PF sugeriu ao Inep o reforço dos procedimentos de segurança na administração dos cadernos de provas. No Enem 2017, o Inep vai adotar provas identificadas com nome e número de inscrição, além de outras estratégias sugeridas pela Polícia Federal, anunciadas no final de setembro.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil