Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2018 > 01 > Conheça cinco modalidades de inverno que o Brasil vai competir na Coreia do Sul

Esporte

Conheça cinco modalidades de inverno que o Brasil vai competir na Coreia do Sul

Alto Rendimento

Nove integrantes da delegação brasileira, beneficiados com o Bolsa Atleta, vão disputar medalhas nos Jogos Olímpicos de Inverno. Confira o que esperar da participação brasileira na competição na neve
publicado: 22/01/2018 20h55 última modificação: 24/01/2018 16h14

1. Espetáculos da patinação artística

Conheça 5 modalidades de inverno em que o Brasil vai competir na Coreia do Sul

Fotos: Rede Nacional do Esporte

A união de movimentos de balé ao esporte rende belas performances sobre o gelo. Piruetas, saltos e loops são obrigatórios nas apresentações, e a rapidez e precisão dos movimentos sobre as lâminas encanta o público. Isadora Williams representa o Brasil na modalidade.

2. Bobsled

Conheça 5 modalidades de inverno em que o Brasil vai competir na Coreia do Sul

Um trenó que leva dois ou quatro competidores em um tobogã de gelo. A descida pode chegar a 150 quilômetros por hora e passa por 15 curvas em alta velocidade. Ao todo, os atletas percorrem quase 1,3 quilômetro. O Brasil terá representantes de duplas e quartetos de bobsled.

3. Superação no esqui cross country

Conheça 5 modalidades de inverno em que o Brasil vai competir na Coreia do Sul

Com a ajuda de bastões, os atletas percorrem longas distâncias de até 50 quilômetros nas provas sobre esquis. Nessa modalidade, o desafio é de resistência.

4. Saltos no esqui alpino

Conheça 5 modalidades de inverno em que o Brasil vai competir na Coreia do Sul

Nessa modalidade, os competidores têm de passar por pontos obrigatórios nas pistas. Há quatro categorias do alpino, que descem morros em velocidades que chegam a 120 km/h.

5. Adrenalina no snowboard cross

Conheça 5 modalidades de inverno em que o Brasil vai competir na Coreia do Sul

O esporte mistura surf, skate e esqui.Os atletas fixam os dois pés em uma prancha e descem morros em alta velocidade. Isabel Clark, uma das principais snowboarders da América Latina, vai disputar medalhas para o Brasil.

Fonte: Governo do Brasil, com informações da Rede Nacional do Esporte e Confederação Brasileira de Desportos no Gelo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil