Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2017 > 04 > Brasil é o oitavo país no ranking mundial de dados abertos

Governo

Brasil é o oitavo país no ranking mundial de dados abertos

Transparência

Open Knowledge Foundation indicou que o País alcançou a pontuação de 65% no balanço geral de abertura de dados
por Portal Brasil publicado: 28/04/2017 19h36 última modificação: 03/05/2017 11h25
Divulgação/EBC Levantamento está na edição anual do Índice de Dados Abertos Brasil, lançado na última quinta (27)

Levantamento está na edição anual do Índice de Dados Abertos Brasil, lançado na última quinta (27)

O Brasil está em oitavo lugar no ranking mundial de Dados Abertos da Open Knowledge Foundation (OKFN), conquistando a liderança na América Latina.

De acordo com a publicação, o Brasil alcançou a pontuação de 65% no balanço geral de abertura de dados. As ações do governo receberam nota máxima nos temas: orçamento público, resultados eleitorais, mapas nacionais, estatísticas socioeconômicas, leis em vigor e atividade legislativa.

A análise realizada pelas entidades indica, também, a necessidade da publicação de dados públicos em outras áreas, como qualidade da água, localizações e propriedade da terra.

A Política Brasileira de Dados Abertos é uma das ações do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) para transformar digitalmente o governo brasileiro.

“Este resultado representa o esforço da equipe da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic) em auxiliar os órgãos federais na publicação de dados. Um governo transparente e com participação social só será alcançado pela abertura de dados governamentais”, afirmou o secretário de Tecnologia da Informação e Comunicação do Ministério, Marcelo Pagotti. A publicação de dados abertos está prevista no Decreto nº 8.777, de maio de 2016.

O levantamento está presente na edição anual do Índice de Dados Abertos Brasil (ODI, na sigla em inglês), que foi lançado na última quinta-feira (27) pela Open Knowledge Brasil e Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (FGV/DAPP).

Temas relacionados ao meio ambiente, legislação, gastos governamentais, entre outros assuntos, e várias dimensões são analisadas no documento. O objetivo é orientar e identificar elementos que possam obstruir o desempenho da administração pública com relação a dados abertos.

Os dados são abertos quando postos à disposição em formato que pode ser tratado por pessoas e máquinas. Atualmente, o Portal Brasileiro de Dados Abertos (dados.gov.br) conta com mais de 2 mil conjuntos de dados disponíveis para uso e reúso pela sociedade. Qualquer cidadão pode livremente usá-los, reutilizá-los e redistribuí-los, estando sujeito, no máximo, a exigência de creditar a sua autoria.

Além desse ranking, o Brasil tem alcançado resultados positivos no setor com a implantação da política e do portal dados.gov.br. Entre os principais estão:

  • Open Data Barometer, da World Wide Web Foundation  3ª edição (2015), o País ocupa a 17º posição no mundo (edição anterior: 21º);
  • Open Data Inventory (dados abertos estatísticos), organizado por Open Data Watch  Versão/atualização: 2016 – O País está na 24ª posição no mundo, e na América do Sul, na 2ª colocação.

Fonte: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP)

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Começo de uma nova era: Diário Oficial da União deixará de ser impresso
Uma nova era de modernidade, eficiência e economia começa para a Imprensa Nacional, a partir desta sexta-feira (1º). Desta data em diante, o Diário Oficial da União (DOU) deixa de ser impresso e fica disponível diariamente apenas pela internet, no endereço portal.imprensanacional.gov.br
Temer diz que reforma da Previdência é essencial e conta com Congresso para sua aprovação
Governo do Brasil quer aprovar a proposta para garantir direitos iguais a todos e cortar privilégios. É que afirmou o presidente Michel Temer em mensagem gravada para as redes sociais oficiais; confira
Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Uma nova era de modernidade, eficiência e economia começa para a Imprensa Nacional, a partir desta sexta-feira (1º). Desta data em diante, o Diário Oficial da União (DOU) deixa de ser impresso e fica disponível diariamente apenas pela internet, no endereço portal.imprensanacional.gov.br
Começo de uma nova era: Diário Oficial da União deixará de ser impresso
Governo do Brasil quer aprovar a proposta para garantir direitos iguais a todos e cortar privilégios. É que afirmou o presidente Michel Temer em mensagem gravada para as redes sociais oficiais; confira
Temer diz que reforma da Previdência é essencial e conta com Congresso para sua aprovação
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre

Últimas imagens

Congresso Nacional deve analisar o PL encaminhado pelo Executivo
Congresso Nacional deve analisar o PL encaminhado pelo Executivo
Alan Santos/PR
Programa torna mais fácil e rápido processos como emissão de documentos, marcação de consultas pelo SUS e pagamento de obrigações trabalhistas e previdenciárias
Programa torna mais fácil e rápido processos como emissão de documentos, marcação de consultas pelo SUS e pagamento de obrigações trabalhistas e previdenciárias
Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília
Obras deverão ser em melhorias como iluminação e saneamento básico
Obras deverão ser em melhorias como iluminação e saneamento básico
Alexandre Lombardi/Pref. de Sorocaba (SP)
Criado em 1º de outubro de 1862, documento que registra atos do governo estará disponível apenas pela internet, no Portal da Imprensa Nacional, a partir de 30 novembro
Criado em 1º de outubro de 1862, documento que registra atos do governo estará disponível apenas pela internet, no Portal da Imprensa Nacional, a partir de 30 novembro
Arquivo/Imprensa Nacional
Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Foto: Beto Barata/PR
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Marcos Santos/USP Imagens

Governo digital