Notícias

Dicas

Alimentação equilibrada ajuda na preparação para o Enem

Cuidados começam no dia anterior à prova, com descanso e evitando o consumo de alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas
publicado: 31/10/2018 18h41, última modificação: 31/10/2018 18h41
Alimentação equilibrada ajuda na preparação para o Enem

Durante as provas, dica é manter a hidratação - Foto: Governo do Tocantins

Além de revisar as matérias e ficar atentos às regras do edital, os candidatos que vão realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 em 4 e 11 novembro devem tomar alguns cuidados com a alimentação. Uma dieta equilibrada pode evitar transtornos e ajudar no desempenho do estudante.  

Confira algumas dicas de alimentação para se sair bem na reta final de preparação do Enem:  

Antes da prova  

Nutricionista da Associação de Nutrição do Distrito Federal (ANDF), Simone Rocha, aconselha os candidatos a descansarem na noite anterior e não consumirem bebidas alcoólicas. Desta forma, a preparação começa já no sábado que antecede a realização do Enem. “A dica é fazer um jantar com um pouco mais de carboidrato para que não falte energia durante a realização da prova”, diz.  

Como o horário de verão começa no domingo (4) de provas, os estudantes que acordam tarde precisam acordar mais cedo para garantir duas refeições: o café da manhã e o almoço. “Em hipótese nenhuma ele deve sair sem almoçar”, alerta a nutricionista. O café da manhã deve ser mais leve, com sucos, frutas e cereais.  

No almoço, é bom evitar alimentos muito gordurosos e comer mais proteína que carboidrato. “A proteína deixa a pessoa em estado de alerta. E o carboidrato deixa em estado de sonolência. Não é hora de macarronada nem de lasanha congelada”, reforçou Simone. Mas atenção: é preciso consumir o mínimo de carboidrato para não sentir muita fome na hora do exame.  

Durante o exame

Manter-se hidratado e não comer chocolate são as duas principais dicas a serem seguidas durante a realização das provas. Embora seja muito comum ver candidatos com esse tipo de alimento, Simone lembra que eles dão uma energia imediata, mas são muito gordurosos e podem tirar a pessoa do foco.

O ideal é levar frutas. Cuidado na hora de levar barra de cereal. Algumas barras têmais açúcar que cereal. Prefira barras com castanhas e frutas”, disse.  

Café, somente antes de fazer a prova. Para quem tem necessidade de comer alimentos salgados, a orientação é levar castanhas, amendoim e nozes 

Outra dica da nutricionista é em relação aos termogênicos: “Se a pessoa nunca tomou, não tome no dia antes da prova, nem no dia da prova. Ela pode sofrer sequelas, ficar muito agitada e não se concentrar”.  

No fim

Terminadas as provas, é hora de readequar a dieta ao padrão e regular relógio biológico por conta do horário de verão. Durante a semana, o estudante deve ficar atento aos alimentos que consome para não ter nenhum problema e conseguir revisar os estudos antes do segundo domingo de exame.  

Fonte: Governo do Brasil, com informações do MEC e da Associação de Nutrição do Distrito Federal