Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 10 > Casos de tuberculose caem pela primeira vez na história, diz OMS

Saúde

Casos de tuberculose caem pela primeira vez na história, diz OMS

por Portal Brasil publicado: 11/10/2011 16h11 última modificação: 28/07/2014 12h50

O número de pessoas com tuberculose em todo o mundo caiu pela primeira vez, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). O Relatório de Controle Global da Tuberculose 2011 aponta que o número de infectados passou de 9 milhões em 2005 para 8,8 milhões no ano passado.

Dados globais indicam ainda que a doença matou 1,4 milhão de pessoas em 2010, após atingir o pico de 1,8 milhão de óbitos em 2003.

Grande parte do avanço registrado atualmente, de acordo com a OMS, é resultado da expansão de esforços em países como Quênia e Tanzânia, onde muitos casos da doença estão relacionados a pessoas soropositivas. O Brasil também foi citado no relatório por ter alcançado uma melhora “significante e sustentada” no cenário da tuberculose.

A OMS ressaltou, entretanto, que o progresso alcançado até hoje corre risco em razão do subfinanciamento no setor – sobretudo no combate a um tipo de tuberculose resistente a medicamentos. O problema, segundo o órgão, é que a maioria dos países de baixa renda depende exclusivamente de financiamento externo.

A estimativa é que o financiamento em 2012 totalize US$ 1 bilhão – dos quais US$ 200 milhões seriam para a resposta à forma mais resistente da tuberculose.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, avaliou que a queda no número de doentes e de mortes é motivo de celebração, mas não é motivo para complacência. Ele pediu apoio para o programa Stop TB Partnership, lançado em 2001, com o objetivo de eliminar a doença como um problema de saúde pública em todo o planeta.

A taxa de mortalidade da tuberculose caiu 40% entre 1990 e 2010. A expectativa é que, por meio do programa, todas as regiões do planeta, com exceção da África, alcancem uma redução de 50% até 2015.


Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Foto: Rodrigo Nunes/MS
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)

Governo digital