Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 03 > Municípios recebem mais recursos para atender pré-natal da Rede Cegonha

Saúde

Municípios recebem mais recursos para atender pré-natal da Rede Cegonha

por Portal Brasil publicado: 30/03/2012 12h38 última modificação: 29/07/2014 09h07

Os municípios que já finalizaram seus planos de ação da estratégia Rede Cegonha receberão recursos para a implantação do componente pré-natal. O Ministério da Saúde autorizou o repasse, em parcela única, de R$ 24,9 milhões para 228 municípios de 13 estados. Os recursos deverão custear a ampliação na oferta dos novos exames do componente até fevereiro de 2013, além de qualificar serviços e profissionais da atenção básica.

Planejamento familiar é um direito garantido pela Constituição.

Rede Cegonha atua integrada às demais iniciativas do SUS para a saúde da mulher.

É direito da mulher definir durante o pré-natal o local onde ocorrerá o parto.

 

A lista completa dos municípios que receberão o investimento pode ser conferida na portaria 534/2012, publicada no Diário Oficial da União de quinta-feira (29).

O componente pré-natal da Rede Cegonha inclui 23 exames e tem o objetivo de garantir acolhimento, ampliação do acesso aos serviços de saúde e melhoria da qualidade do pré-natal. O diagnóstico rápido permite que a mulher comece o pré-natal assim que a gravidez é confirmada. Com o teste rápido de gravidez, por exemplo, a mulher fica sabendo se está grávida, em média, cinco minutos após a coleta da urina. O teste tradicional demanda de um a cinco dias para a conclusão do resultado.

Um exame importante para a saúde da mulher que foi garantido com a Rede Cegonha é o de sífilis. As gestantes terão acesso a um método complementar para o rápido diagnóstico da doença – prevalente em aproximadamente 7 mil grávidas (dados de 2008). Isso poderá evitar a transmissão ao bebê, ou seja, a sífilis congênita, cuja taxa de incidência foi de 1,8 caso/mil nascidos vivos.

A sífilis, quando não provoca a morte do bebê, pode causar problemas auditivos, visuais e neurológicos à criança. Outro teste assegurado no pré-natal é o de eletroforese de hemoglobina. O examedetecta a anemia falciforme e privilegia principalmente mulheres negras, pelo fato desse público ter maior incidência da doença. A incorporação deste exame irá gerar impacto de R$ 12 milhões, por ano, em investimentos da estratégia.

A meta do governo federal é realizar, até 2014, mais de 5 milhões de testes e o investimento previsto para isso é de R$ 3 milhões. Além de possibilitar que a mulher comece o pré-natal assim que a gravidez é confirmada, esses testes garantem diagnóstico rápido e também favorece ações de planejamento reprodutivo para as mulheres com resultado negativo de gravidez.

 

Rede Cegonha

Lançada em 2011 pelo governo federal, a Rede Cegonha já teve a adesão de 24 estados. A estratégia consiste em uma rede de cuidados que visa assegurar à mulher o direito ao planejamento reprodutivo bem como atenção humanizada durante a gravidez, o parto e após o nascimento do bebê. A rede também prevê, à criança, o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e desenvolvimento saudáveis.

 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de sangue
Nesta quarta-feira (14), o Ministério da Saúde lançou a Campanha Nacional de Doação de Sangue 2017
Acordo entre governo e indústria reduziu 17 mil toneladas de sódio nos alimentos
Novo acordo pretende reduzir mais 11 mil toneladas da substância nos alimentos mais consumidos no País
Médicos destacam importância dos transplantes
Profissionais contam sobre os bastidores dos transplantes realizados no Brasil
Nesta quarta-feira (14), o Ministério da Saúde lançou a Campanha Nacional de Doação de Sangue 2017
Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de sangue
Novo acordo pretende reduzir mais 11 mil toneladas da substância nos alimentos mais consumidos no País
Acordo entre governo e indústria reduziu 17 mil toneladas de sódio nos alimentos
Profissionais contam sobre os bastidores dos transplantes realizados no Brasil
Médicos destacam importância dos transplantes

Últimas imagens

Os produtos são da categoria de alimentos de transição, utilizados como complemento ao leite materno
Os produtos são da categoria de alimentos de transição, utilizados como complemento ao leite materno
Foto: Sergio Amaral/MDS
Outros medicamentos estão na lista para uma próxima compra conjunta entre os países, como o Eculizumabe
Outros medicamentos estão na lista para uma próxima compra conjunta entre os países, como o Eculizumabe
J. Freitas/Agência Brasil
Propriedades funcionais somente podem ser alegadas quando atendidas às exigências para comprovação
Propriedades funcionais somente podem ser alegadas quando atendidas às exigências para comprovação
Divulgação/Ministério da Saúde
Doença afeta entre 10% a 25% da população adulta, segundo a Anvisa
Doença afeta entre 10% a 25% da população adulta, segundo a Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
O brasileiro ingere 12 gramas de sódio por dia, mais que o dobro do sugerido pela Organização Mundial da Saúde
O brasileiro ingere 12 gramas de sódio por dia, mais que o dobro do sugerido pela Organização Mundial da Saúde
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Governo digital