Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2017 > 06 > Publicidade de alimentos terapêuticos da loja Mundo Verde está suspensa

Saúde

Publicidade de alimentos terapêuticos da loja Mundo Verde está suspensa

Comércio on-line

Não é permitido o uso de alegações terapêuticas em propagandas de alimentos, alerta a Vigilância Sanitária
por Portal Brasil publicado: 16/06/2017 15h52 última modificação: 16/06/2017 15h52
Divulgação/Ministério da Saúde Propriedades funcionais somente podem ser alegadas quando atendidas às exigências para comprovação

Propriedades funcionais somente podem ser alegadas quando atendidas às exigências para comprovação

Todas as propagandas do site Mundo Verde que atribuam propriedades terapêuticas não autorizadas a alimentos comercializados na loja estão suspensas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A resolução foi publicada na sexta-feira (16) no Diário Oficial da União.

O site é da empresa Rede Brasileira de Bem-Estar Franquia de Estabelecimentos Comerciais Ltda., e as publicidades divulgavam benefícios de saúde ou funcionais, como prevenção de câncer e doenças do coração; prevenir o Alzheimer; auxilia no emagrecimento; prevenir e tratar a osteoporose; ação diurética; com propriedades antibacterianas e antifúngicas; diminui dor crônica em ossos e músculos; vasodilatador; entre outras.

O uso de alegações terapêuticas em propagandas de alimentos não é permitido. Propriedades funcionais ou de saúde somente podem ser divulgadas em alimentos registrados para este fim quando forem atendidas as diretrizes básicas para comprovação de propriedades funcionais ou de saúde estabelecidas na legislação.

Fonte: Anvisa

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Ministério da Saúde vai destinar R$ 520 milhões para a compra de ambulâncias
O Ministério da Saúde liberou R$ 520 milhões para a compra de 6,5 mil ambulâncias que vão ser distribuídas para municípios de todo o País. Iniciativa vai reduzir a burocracia e facilitar o acesso dos municípios aos veículos
Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplantes cardíacos em adultos e crianças
É o único hospital público a realizar transplantes cardíacos em adultos e crianças no estado do Rio de Janeiro
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
O Ministério da Saúde liberou R$ 520 milhões para  a compra de 6,5 mil ambulâncias que vão ser distribuídas para   municípios de todo o País. Iniciativa vai reduzir a burocracia e facilitar o acesso dos municípios aos veículos
Ministério da Saúde vai destinar R$ 520 milhões para a compra de ambulâncias
É o único hospital público a realizar transplantes cardíacos em adultos e crianças no estado do Rio de Janeiro
Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplantes cardíacos em adultos e crianças

Últimas imagens

Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital