Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2017 > 08 > Rio de Janeiro adere a programa para melhorar uso de recursos de saúde

Saúde

Rio de Janeiro adere a programa para melhorar uso de recursos de saúde

Gestão

Programa Nacional de Gestão de Custos está presente em nove unidades da federação e em três municípios brasileiros
por Portal Brasil publicado: 08/08/2017 19h38 última modificação: 08/08/2017 21h24

Presente em nove unidades da federação, o Programa Nacional de Gestão de Custos (PNGC) do Ministério da Saúde chegou ao Rio de Janeiro. Gestores estaduais e municipais de saúde aderiram de forma voluntária à iniciativa.

O programa compreende um conjunto de ações voltadas para a geração, o aperfeiçoamento e o incentivo ao uso efetivo da informação de custo pelos gestores da saúde, visando a melhorar o desempenho do Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-RJ), o programa abrangerá 30 unidades de pronto atendimento (UPA) e 11 hospitais geridos por organizações sociais de saúde (OSS), além de hospitais e institutos gerenciados pela Fundação Saúde do Estado do Rio de Janeiro (FSERJ) e pela SES-RJ. A previsão é de que 150 profissionais, entre contabilistas, economistas e administradores, além de profissionais da área da saúde, participem do PNGC.

Com a adesão do Rio, o programa está implantado em oito estados – Amapá, Tocantins, Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Bahia e Rio Grande do Sul –, no Distrito Federal e em três municípios – Rio de Janeiro, Porto Alegre e Mauá. No total, 150 unidades de saúde fazem parte do projeto.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mutirão já realizou mais de 33 mil cirurgias no país
O Ministério da Saúde está trabalhando para diminuir a espera por cirurgias eletivas, aquelas que não são emergências
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
O Ministério da Saúde está trabalhando para diminuir a espera por cirurgias eletivas, aquelas que não são emergências
Mutirão já realizou mais de 33 mil cirurgias no país
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País

Últimas imagens

Redução é acompanhada do aumento das inciativas do Ministério da Saúde para intensificar os trabalhos de combate ao mosquito Aedes aegypti
Redução é acompanhada do aumento das inciativas do Ministério da Saúde para intensificar os trabalhos de combate ao mosquito Aedes aegypti
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Kits contêm 30 tipos de medicamentos e 18 tipos de insumos
Kits contêm 30 tipos de medicamentos e 18 tipos de insumos
Arquivo/EBC
Candidatos poderão escolher até quatro cidades de preferência e concorrer às vagas
Candidatos poderão escolher até quatro cidades de preferência e concorrer às vagas
Arquivo/EBC
Soro
Divulgação/Prefeitura de Campo Verde (MT)

Governo digital