Você está aqui: Página Inicial > Turismo > 2016 > 11 > Turistas estrangeiros gastam mais no Brasil em 2016

Turismo

Turistas estrangeiros gastam mais no Brasil em 2016

Viagens

Entre janeiro e outubro, visitante internacional gastou US$ 5,1 bilhões em destinos brasileiros – uma alta de 6,57% na comparação com o mesmo período em 2015
por Portal Brasil publicado: 22/11/2016 20h33 última modificação: 23/11/2016 13h41

No acumulado de janeiro a outubro deste ano, o turista internacional gastou US$ 5,1 bilhões em destinos brasileiros  uma alta de 6,57% na comparação com o mesmo período em 2015, que foi de US$ 4,79 bilhões. Os dados foram divulgados, nesta terça-feira (22), pelo Ministério do Turismo.

O resultado da receita se manteve positivo no acumulado do ano, mas foi de queda de 4,2% no mês passado. Em outubro, a conta dos viajantes estrangeiros ficou em US$ 434 milhões, enquanto no mesmo mês de 2015 atingiu a marca dos US$ 453 milhões.

“Estamos trabalhando forte para ampliarmos o fluxo de turistas estrangeiros e de divisas para o País. Tivemos uma experiência bem-sucedida com a isenção de vistos para quatro países durante o período da Olimpíada e agora vamos avançar nas discussões para tornar essa medida permanente”, comenta o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Gastos no exterior

Já os gastos de brasileiros no exterior dispararam em outubro. Acumularam uma alta de 41,89%, em relação ao mesmo período do ano passado, embalados pela variação da cotação do dólar nos últimos meses.  Assim, a despesa cambial do turismo fechou o mês em US$ 1,42 bilhão.

No acumulado do ano, os brasileiros gastaram US$ 11,9 bilhões em destinos internacionais. As estatísticas das contas de viagens são apuradas pelo Banco Central e consideram gastos com cartões de crédito e trocas oficiais de moedas.

 

Fonte: Portal Brasil, com informações do MTur

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Círio de Nazaré movimenta o turismo religioso no Pará
Turistas do Brasil inteiro já estão chegando a Belém, no Pará, para acompanhar o Círio de Nazaré, que é a maior procissão religiosa do Brasil e reúne, em média, 2 milhões de pessoas
Atividades turísticas tiveram crescimento em junho, aponta pesquisa
De acordo com levantamento divulgado pelo IBGE, as atividades turísticas tiveram um crescimento de 5,3% no mês de junho.
IBGE divulga pesquisa sobre o setor hoteleiro no Brasil
Levantamento investigou hotéis, pousadas, motéis, apart-hoteis e albergues existentes no País
Turistas do Brasil inteiro já estão chegando a Belém, no Pará, para acompanhar o Círio de Nazaré, que é a  maior procissão religiosa do Brasil e reúne, em média, 2 milhões de pessoas
Círio de Nazaré movimenta o turismo religioso no Pará
De acordo com levantamento divulgado pelo IBGE, as atividades turísticas tiveram um crescimento de 5,3% no mês de junho.
Atividades turísticas tiveram crescimento em junho, aponta pesquisa
Levantamento investigou hotéis, pousadas, motéis, apart-hoteis e albergues existentes no País
IBGE divulga pesquisa sobre o setor hoteleiro no Brasil

Últimas imagens

Ministério da Indústria está realizando consulta para verificar se não há empresas nacionais que produzam os equipamentos
Ministério da Indústria está realizando consulta para verificar se não há empresas nacionais que produzam os equipamentos
Nilo Biazzetto Neto/Ministério do Turismo
Série de procissões em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré começam nesta sexta-feira (6)
Série de procissões em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré começam nesta sexta-feira (6)
Foto: Sidney Oliveira/Governo do Pará
Pesquisas revelam também que 6 entre 10 turistas têm intenção de conhecer a cidade
Pesquisas revelam também que 6 entre 10 turistas têm intenção de conhecer a cidade
Foto: Isabella Atayde/Iphan
Objetivo é aproveitar o período de preparação para a Copa do Mundo para lançar o Brasil em agências de viagem
Objetivo é aproveitar o período de preparação para a Copa do Mundo para lançar o Brasil em agências de viagem
Divulgação/Sec. de Turismo de Belo Horizonte

Governo digital